Rui Alberto Leite: o papa títulos

23/07/2015 09:06 - Modificado em 23/07/2015 09:06
| Comentários fechados em Rui Alberto Leite: o papa títulos

ruialbertoleite_420_342Rui Alberto Leite é bancário de profissão e treinador por paixão. Rui Alberto iniciou a sua carreira como treinador frente ao Corinthians, na segunda divisão do regional de São Vicente, clube onde encontrou diversas dificuldade mas que, aos poucos, começou fazer-lhes acreditar que era possível fazer uma boa época. Além do Corinthians, Rui Alberto orientou também o Castilho e, actualmente, é treinador do Mindelense tendo-se sagrado bicampeão como treinador e levou o clube à conquista do tricampeonato nacional de Cabo Verde.

Em entrevista ao Notícias do Norte, o treinador do Mindelense fala sobre o seu percurso desportivo, a sua jornada como jogador e também como aconteceu a aventura de ser treinador de futebol.

Actualmente é considerado por muitos como o melhor treinador de Cabo Verde. Foi campeão regional como técnico do Mindelense a quatro jornadas do fim, venceu a supertaça 2014/2015, a Taça de São Vicente fechou a época 2014/2015 com chave de ouro ao vencer no Mindelo o Derby e conquistar o segundo título nacional como técnico e o terceiro consecutivo do Mindelense.

Tendo jogado praticamente em quase todos os clubes de São Vicente, Rui Alberto garante que sempre tentou “beber” o máximo das experiências dos outros treinadores. “Em cada clube onde joguei e cada treinador que conheci, apanhava alguma experiência e como jogador gostava extremamente de orientar os meus colegas em campo e “Tchida” foi um dos principais treinadores que encontrei durante o meu percurso como jogador, dizia que eu era um treinador dentro do campo”.

Orientou durante um ano o Corinthians, esteve à frente do Castilho por dois e desde 2013 é treinador do Mindelense, o que contabiliza cinco anos de experiência como treinador e que em tão pouco tempo conseguiu chegar ao topo do futebol cabo-verdiano por duas épocas consecutivas.

“Assumi o comando técnico do clube a quatro jornadas do fim do campeonato regional e perdemos o regional na última jornada frente ao Derby. Foi bastante difícil, o clube começou uma turbulência enorme e consegui aguentar as coisas”.

Questionado sobre como foi possível dar a volta e conseguir o bicampeonato nacional pelo clube, Rui Alberto disse não ter sido fácil porque os jogadores “andavam descrentes porque tínhamos perdido o campeonato regional mas consegui fazer-lhes acreditar que ainda poderíamos fazer uma boa época no nacional e conseguimos revalidar o título nacional. Foi o meu primeiro campeonato nacional e foi conquistado na ilha do Fogo”, realça o técnico de forma emotiva.

“Quando entrei no Mindelense, o Mindelense era campeão regional e nacional e ter perdido o campeonato frente ao Derby na última jornada e ainda no meu ano de estreia, poderia ter causado um mau estar. Os adeptos começaram a duvidar das minhas capacidades e acreditei e com o plantel que tinha, conseguimos oferecer aos adeptos o segundo título nacional consecutivo”.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.