José Maria Veiga anuncia reformas na estrutura do INPS

17/07/2015 09:02 - Modificado em 17/07/2015 09:03

jose maria veiga1José Maria Veiga, presidente do CA do Instituto Nacional de Previdência Social, INPS, disse à agência Inforpress que “apenas 4 em cada 10 trabalhadores cabo-verdianos contribuem para a Segurança Social do País”, por isso, defende que “o maior desafio da instituição é fazer com que todas as pessoas com rendimento possam contribuir para o sistema de segurança social no país.

Para conseguir esse desiderato, Veiga considera que será necessário implementar várias medidas e fazer alterações ao sistema, como a descentralização da direcção da unidade de previdência social, uma em São Vicente para as ilhas do Norte e outra na Praia para as ilhas do Sul, e reforçar as competências das unidades de previdência social, quer na fiscalização, nas evacuações internas, inscrições, quer também na administração.

Também defendeu mudanças “muito fortes a nível da estrutura, onde serão criadas duas direcções para o sector da saúde, sendo uma para se ocupar das evacuações internas e externas e outra para se inteirar das questões ligadas às farmácias e assistência aos doentes”.

José Maria Veiga indicou que o INPS tem uma dívida de cerca de 4 mil milhões de escudos (36 milhões de euros) por cobrar e dispõe de um activo líquido de 52 mil milhões de escudos cabo-verdianos (471 milhões de euros). Já a carteira de investimentos é de 44 mil milhões de escudos (400 milhões de euros).

  1. Caboverdiana

    Força!Sabemos que vais fazer um excelente trabalho.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.