ETCP: UCID propõe um vencimento de 228 contos para o PR

15/07/2015 07:34 - Modificado em 15/07/2015 07:34

UCIDA UCID propõe, no âmbito do Estatuto de Cargos Políticos que vai voltar ao Parlamento no dia 27, um aumento de 34% no vencimento do Presidente da República. Assim, o salário de Jorge Carlos Fonseca passaria de 170 mil escudos para 228 mil escudos.

 

Este aumento tem como base os aumentos salariais verificados na Função Pública de 1998 a 2010. Não entram nessas contas, os últimos cinco anos em que não houve actualização salarial na função pública. Assim, a UCID pretende que os titulares de cargos públicos beneficiem dos mesmos aumentos que os servidores do Estado beneficiaram desde 1998, visto que data de 1997 a última actualização salarial do vencimento do Presidente da República. Em relação à proposta anterior, esta não considera a inflação havida durante todos estes anos, mas apenas a verdadeira actualização salarial ocorrida na função pública. Com esta proposta, a UCID pretende colocar todos os cidadãos no mesmo nível, “por isso, estamos a propor a mesma actualização que a função pública teve desde 1997 até 2010”- disse António Monteiro ao NN.

No site da UCID podem-se encontrar os documentos com as propostas de alteração do ETCP. No Facebook foi criada uma plataforma para a recolha de propostas. Após, absorver as mesmas, será elaborada uma versão final que será apresentada ao Parlamento.

 

  1. JOÃO

    NESTA ALTURA NÃO DEVE HAVER AUMENTO DE VENCIMENTO PARA NINGUÉM. PELO CONTRÁRIO DEVIA HAVER DESCIDA DE VENCIMENTO DOS GESTORES/ADMINISTRADORES PÚBLICOS. O Equilíbrio salarial faz parte também da democracia.

  2. Delgado

    Queria perguntar aos Senhores José , Porfirio e Arnaldo se acham que os nossos políticos têm um salario digno. Se um país vive sem a classe politica. Uma coisa é certa, os nossos políticos é que não deviam submeter a chantagens de manifestações e deviam tomar medidas politicas que servem o nosso país sem terem em conta aos resultados eleitorais e chantagens dos eleitores.

  3. Francisco andrade

    Cabo Verde paga o que pode. Se não consegue pagar professores, médicos, cozinheiras, PJ entre outras classes que não tem nenhuma regalia, logo não é o momento adequado para a aprovação do ETCP.

  4. Movimento CívicBASTA

    Se instalou uma grande “raiva” nos Caboverdianos, por causa do ETCP.
    Tanta raiva, que já não há bom senso e nem cabeça fria para debater o assunto ETCP.
    Os 228 contos que a UCID faz referência, é um valor indicativo e discutível com a sociedade civil.
    Partiu-se dos 170 cts de 1997 e agregou-se-lhe todas as actualizações até 2015. Assim é que está certo.
    Pode-se questionar. É por isso que pede colaboração da sociedade civíl.
    Solicito a todos que dêem sua colaboração, deixando as suas propostas sobre alteração do ETCP, através do link:
    http://goo.gl/forms/oA077yZsVC
    Proposta do ETCP da UCID, “corta” as benesses propostos no anterior documento. Ver no link:
    https://drive.google.com/open?id=0B1V6z5kdSETQMTVjczdyZzZCN0E
    Eu já dei a minha opinião.
    Unidos, venceremos.

  5. Firmino Lima

    se o governo deu 3% de aumento aos professores, então deve dar 3% de aumento aos nossos políticos.

  6. Tavares

    Algum alguém acredita mesmo na António Monteiro ou outro político qualquer. o que es cre é so dinheiro…..depos na campanha ta bai da coitado rosto xuxu bejo, bebe agu di ses pode, etc. Si es estauto aprovado país ta entra na um cenário garvíssimo em termos da estabilidade social….por isso, nes hora é bom lembra o que Dr. Carlos Lopes, representante das Nações Unidas para África tinha flado na conferencia em Cabo Verde e que tudo políticos xatia…….é verdade……nu sta ta aproxima pa cenário de demais países africanos e ca nenhum político bem cu converso ma el é representante de povo…..es ca tem respeito pa nação.

  7. Tavares

    Algum alguém acredita mesmo na António Monteiro ou outro político qualquer. o que es cre é so dinheiro…..depos na campanha ta bai da coitado rosto xuxu bejo, bebe agu di ses pode, etc. Si es estauto aprovado país ta entra na um cenário garvíssimo em termos da estabilidade social….por isso, nes hora é bom lembra o que Dr. Carlos Lopes, representante das Nações Unidas para África tinha flado na conferencia em Cabo Verde e que tudo políticos xatia…….é verdade……nu sta ta aproxima pa cenário de demais países africanos

  8. Mov Cívico BAS

    Sr. Delgado – A sua pergunta é tão demagógica e má intencionada, que merece, apenas, o seguinte reparo: Não é que um país possa viver sem a classe política, só que, o que se chama classe política não é, mais nem menos, que um grupo de cidadão que o povo escolheu para representa-lo, porque, é mais fácil ter setenta e tal representantes no Parlamento e mais ou menos uma vintena nos ministérios do que ter 500 e tal mil a discutirem e a tomarem decisões (cartilha).
    Não sei de que “escola” é, mas, os políticos não são nem mais nem menos homens do que os outros Caboverdianos.
    O que tem-se revelado, é que são mais Gananciosos e querem tudo para eles.
    Aqui não há Deus nem Diabo.
    A história é prenhe de exemplos de Classes Política Cínicas e Ditatoriais.
    Para melhor nos entendermos, não falemos de Eleitores, falemos do Povo.
    Vocês vêm eleitores como simples Marionetas, por isso, não os temem, mas, de certeza que quando é o POVO a se erguer e confrontar-vos, a coisa muda de figura.
    Queremos políticos, sim, mas, melhores políticos.
    Comprometidos com o país.

  9. Antonio Reis

    Eu acho que todos tem rezao, os a favor e os contra, mas temos de ter em conta que o presidente da republica tem um vencimento muito baixo, Nos temos que nos orgulhar de ter pessoas de muito bom gabarito a concorrer para a presidencia, mas sejamos honestos, ninguem concorre a presidencia por estes salarios, trata-se apenas de patriotismo.

  10. roxana aguilera

    imaginen o alto Magistrado a ganhar esso e a francisca inocencio sem ter trabalhado estes anos q cutucan a reforma ta ganhar 230 000 /mes mas 1/3 de este 240 000 por conceito de RECONTRATO pos reforma anticipada ,la vai no 2 anos de contarta o primeiro com sisfraz de VOLUNTARIADO ,segum afirma a Cristina Fontes a ex-mandataria na campanha presidencial do inocencio !!! Q fiz a inocencio jr q nao aparece na OMP ??

  11. roxana aguilera

    disculpen os erros ortograficos de meo comentario senteme acima dos oculos de perto e se partio ,sorte q valen 350 esc LOL 🙂

  12. roxana aguilera

    Caro Delgado a Dignidad de um politico va medida por el salario ?? .Os politicos sao eleitos como REPRESENTATES do POVO ,entao as manifestaçoes e’ pedido para lembrar algo .q nao esta na rota .Os politicos ten q melhorar em QUALIDADE e NAO em QUANTIIDADE$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$

  13. Julio Goto

    O Sr. Delgado esta fora ! Classe politica sao abutres a espera que o CAO VAGABUNDO morre para comessar a CEIA.
    Classe politica sao mentirosos que prometem aquilo que nao consigam fazer.
    Essa classe nao merece mais que os PROFESSORES que tem a responcibilidade de encinar a nacao ( Professor e o Tronco da Arvore)
    O Povo nos os outros somos as ramas e folhas saudaveis .
    Politico as ramas e folhas maligmas.
    Mes faz lembrar o fado Eles POliticos querem tudo e nao nos deixam NADA

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.