PAICV/ legislativas: CPR de São Vicente última lista para apresentar à DN

10/07/2015 08:04 - Modificado em 10/07/2015 08:26

PAICVO PAICV, segundo o seu líder em São Vicente, está focalizado na elaboração das listas para as legislativas de 2016. Ao NN revela que o processo tem decorrido com normalidade e estão dentro dos prazos estabelecidos. “Estamos a trabalhar para cumprir os prazos e, a seu tempo, iremos apresentar a proposta à direcção nacional e tenho a certeza que vamos apresentar uma lista forte capaz de vencer as eleições de 2016”, afirma Alcides Graça.

Questionado sobre os parâmetros utilizados para a elaboração da lista, responde que o primeiro critério é privilegiar o interesse do colectivo em detrimento do individual, isto no sentido de colocar os interesses do partido em primeiro lugar. O partido também quer garantir a equidade de género. Outro critério “fundamental” é o refrescamento das listas dos candidatos. “Queremos que haja alguma renovação dentro da proposta que vamos apresentar e há espaço para caras novas e jovens para as listas do PAICV. Apesar da renovação da lista, Alcides Graça sublinha que isso não implica a exclusão completa de pessoas que já estiveram nas listas anteriores. “Garantir a qualidade, mas com algum espaço de refrescamento”.

Diz que tudo está a seguir na normalidade. E numa mensagem para os militantes diz para estarem tranquilos que as coisas estão a correr bem e que o partido está a trabalhar para que haja o máximo de entendimento na composição das listas.

  1. roxana aguilera

    …”interesse da coletividad” …. “interesses do Partido “… (???!!!!!) Quem e’ interesse da coletividade ,quem e’ interesse do Partido ????? Pq nao fazen PRIMARIAS , algum problem para o deixar de fazer ??????????????????? No mundo todo ,este e’ o caminho para a renovaçao dos Partidos :ELEIÇOES PRIMARIAS . LOL 🙂

  2. José Freire

    Se meterem o cobrinha da escola Jorge Barbosa na lista começam logo a perder o meu voto!!! indivíduo sem escrúpulos,, critica e faz exatamente aquilo que critica: cansava os professores da ESJB quando esses pretendiam dar aulas em instituições privadas, quando ele conseguiu entrar na arena foi dar aulas até em Santo Antão, dizia que os docentes ficavam sem energia e não tinham tempo para se dedicarem convenientemente, criticou aqueles que usufruam mais do que um vencimento do governo, pq há jovens desempregados, agora é a vez dele estar com ENGENHEIRO do NOSI e professor de Geografia… porque será!!!

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.