Grécia: Governo atento, mas não prevê uma crise financeira na zona euro

7/07/2015 08:09 - Modificado em 7/07/2015 08:12
| Comentários fechados em Grécia: Governo atento, mas não prevê uma crise financeira na zona euro

Grécia e EuropaO primeiro-ministro disse que o seu Governo está a acompanhar com “muita atenção” a crise grega. O foco está colocado nos desenvolvimentos possíveis em consequência da vitória do “Não“ no referendo do último domingo realizado na Grécia. JNM considerou que a nova situação criada “poderá ser um grande problema para a Grécia e, eventualmente, para a zona euro e para as economias que estão umbilicalmente ligadas à zona euro, como é o caso de Cabo Verde e, portanto, estamos a acompanhar com muita atenção e em função dos desenvolvimentos, vamos ver que medidas tomar”.

Mas o PM diz que apesar de atento, está tranquilo e que, devido às conversas que tem tido, está ciente que “a União Europeia tomará as melhores decisões relativamente a esta matéria, pelo que prevê que não haverá uma crise financeira na zona euro”.

“O euro poderá registar, neste primeiro momento, alguma desvalorização mas estamos a contar que será revalorizado e será defendido pelo sistema financeiro europeu (…). Há tantos interesses em jogo, não só dos países da União Europeia mas também, por exemplo, da República Popular da China que nos últimos anos terá investido muito das suas disponibilidades líquidas no exterior em euros.

No domingo, dia 05, os gregos foram às urnas decidir se aceitavam as propostas dos credores num referendo que serviu de teste ao Governo da Grécia. No dia seguinte, as bolsas europeias tiveram uma segunda-feira negra com a bolsa de Lisboa, PSI 20, a sofrer uma forte queda em mínimos desde Fevereiro, liderando – a par da Itália – as perdas nas praças europeias, na sequência do “Não” no referendo grego. A bolsa de Lisboa desvalorizou 3,81% passando para 5.366,84 pontos, com todos os títulos no vermelho, enquanto que o cenário em Milão foi ainda pior com as desvalorizações a atingirem 4,03%.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.