Corpo dos Bombeiros de São Vicente: transporte de doentes paralisado por falta de ambulância

23/06/2015 08:09 - Modificado em 23/06/2015 08:09
| Comentários fechados em Corpo dos Bombeiros de São Vicente: transporte de doentes paralisado por falta de ambulância
User comments

User comments

A ambulância do Corpo dos Bombeiros que presta serviço de transporte de doentes encontra-se avariada há cerca de uma semana, situação que tem comprometido o socorro de emergência.

A falta da ambulância para o transporte de doentes deve-se a um ligeiro acidente sofrido pela viatura ao embater num muro provocando uma avaria numa das peças. Em entrevista ao NN, o comandante dos Bombeiros de São Vicente, Jorge Rodrigues, considera não se tratar de um caso alarmante, pois o serviço está a ser garantido através de outros meios.

O mesmo explica que o ligeiro acidente foi provocado por um bombeiro, mas que a situação está a ser resolvida e, em breve, a viatura voltará a funcionar.

O mesmo responsável garante que o corpo dos bombeiros recebeu mais duas viaturas e, brevemente, entrarão em funcionamento, faltando apenas resolver a situação do seguro. Na sequência da avaria da ambulância, os serviços foram garantidos recorrendo às viaturas novas.

Ao contrário do comandante, os bombeiros afirmam terem encontrado alguma dificuldade devido à falta da viatura, o que tem condicionado o trabalho que por si só não tem sido fácil devido aos fracos meios disponíveis.

O NN sabe que nenhuma das ambulâncias afectas ao Corpo dos Bombeiros se encontra em boas condições, pois cada uma apresenta uma avaria. Pelo menos duas das viaturas estão a aguardar reparação na oficina, uma delas com problemas no amolecedor de óleo, uma outra não consegue trabalhar à noite devido à falta de luz.

Portanto, a única que se encontrava a funcionar na prestação de socorro sofreu um acidente ligeiro, deixando paralisado o serviço de emergência de transporte de doentes.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.