Insatisfação do público relativamente ao primeiro lugar

23/06/2015 08:00 - Modificado em 23/06/2015 08:00
| Comentários fechados em Insatisfação do público relativamente ao primeiro lugar

IMG_20150621_234207O recinto 5 de Julho na cidade do Porto Novo foi palco do espectáculo da final regional de Vozes infantis de Santo Antão, onde estiveram presentes nove participantes.

Regina Monteiro, vencedora do concurso regional de vozes infantis disse estar contente por ter ficado em primeiro lugar e é uma grande honra, no meio de diversas vozes, o facto de ter conquistado o 1º lugar do pódio.

A vencedora do concurso garante que vai seguir o sonho de ser uma cantora profissional e promete que, daqui para a frente, irá dar o máximo para alcançar o seu objectivo que é ser cantora profissional e pede às crianças que tenham o mesmo sonho para que nunca desistam e que continuem sempre na luta.

A organização do concurso diz-se satisfeita com o trabalho realizado pelo empenho dos envolvidos, nomeadamente, dos participantes. Conforme Lena Monteiro, professora e membro da organização, este foi um concurso jamais visto e ouvido em Cabo Verde.

“Com nove concorrentes cada um com grandes possibilidades de alcançar o primeiro lugar”, realça.

Apesar de Regina Monteiro ter conquistado o primeiro lugar do concurso, o público mostrou-se insatisfeito com a escolha do júri, afirmando que foi uma “tremenda injustiça” já que acreditaram na vitória de Anailda Neves que conquistou o segundo lugar.

Em relação à insatisfação do público, Lena Monteiro disse que pela reacção do público houve dois resultados: “um do júri que deve ser respeitado e, outro, do público, que estava a ouvir e a apreciar” e garante que a decisão final e que deve ser respeitada é a do júri.

A final regional de vozes infantis enquadra-se no âmbito da programação das festas de São João Batista, sendo a primeira vez que acontece nas comemorações das festas de romaria.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.