António Barbosa confessou ter morto o idoso á paulada

19/06/2015 08:35 - Modificado em 19/06/2015 08:35

prisão9Conforme noticiou a TCV, o jovem António Sebastião Monteiro Barbosa, de 25 anos, residente em Ponta Verde ilha do Fogo, confessou ter morto á paulada o cidadão emigrante Manuel Teixeira, idoso de 72 anos.

Manuel Teixeira, “Monhor” emigrante de 72 anos foi morto em sua casa com pauladas, na passada sexta feira, na zona de Ponta Verde, ilha do Fogo. As autoridades trabalharam e após três dias detiveram o suspeito que  tinha tido  rixas com a vítima.

António Sebastião Monteiro Barbosa de 25 anos confessou a autoria do crime e disse que a vitima o acusava dos crimes de roubos ocorrido na zona, dai ter se vingado do idoso.

A vítima levou várias pauladas na cabeça dentro de sua casa quando o  autor  confesso do homicídio entrou na residência para roubar. A autópsia revelou que o idoso sofreu um traumatismo craniano provocado por um pau com cerca de um metro.

Após o interrogatório o indivíduo foi conduzido á Cadeia de São Filipe onde deverá aguardar pelo julgamento.

  1. Djê Guebara

    Comfessou com a tranquilidade de um criminal convicto, então o resultado è simples. Pena da morte.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.