Fiscalização é o calcanhar de Aquiles

17/06/2015 07:39 - Modificado em 17/06/2015 07:39
| Comentários fechados em Fiscalização é o calcanhar de Aquiles

pescasLegislação pesada contra a pesca ilegal e a sua fiscalização  foram temas debatidos na 7ª Reunião do Conselho Nacional das Pescas e dos Recursos Marinhos realizada no dia 16 na cidade da Praia.

A Ministra das Infraestruturas e Economia Marítima, Sara Lopes, disse à RCV que “quer em termos dos recursos alocados, quer em termos das condições podemos fazer uma negociação muito mais longa e detalhada de algumas questões a serem trabalhadas no sector das pescas”. Porém, a ministra frisa que o grande problema é o grande número de embarcações de boca aberta no cais de pesca assim, como os vários navios atracados no cais da Praia e que não deviam lá estar. Todavia Sara Lopes afirma que “o grande desafio que nós temos é reformulação da Comissão de Gestão do Cais de Pesca.”

Legislação que combata e pune a pesca ilegal também foi uma das questões abordadas pela ministra, esta garante que “ vamos trabalhar a nível da legislação para reforçarmos o regime contra-ordenacional para que a pesca ilegal possa ser severamente punida assim como reforçar o mecanismo da fiscalidade através do sistema de controlo de satélite e avançar para um sistema de informação integrado que nos permite aceder diariamente as quantidades de pescados a bordo.”

João de Deus, Presidente da Associação dos Armadores de Pesca de Cabo Verde (AAPCV), por sua vez defende que “ devemos criar parcerias para fiscalizarmos a nossas águas, isto porque se queremos desenvolver Cabo Verde com a economia marítima temos que patrulhar as nossas águas dentro das nossas possibilidades.” Ainda João de Deus disse à RCV que a AAPCV fará com que as ilações a partir dessa reunião sejam aplicadas, visto que sector das pescas é essencial para a economia de Cabo Verde.

 

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.