CMSV vai asfaltar a rua Senegal e zona militar: Melhorar a qualidade de vida dos Munícipes

17/06/2015 07:00 - Modificado em 17/06/2015 07:18

A Câmara Municipal de S. Vicente realizou o acto de lançamento da obra de pavimentação em asfalto da rua Senegal (rua da Igreja Nazarena) até à Escola Secundária Jorge Barbosa. A obra que, segundo o Executivo Camarário, se enquadra na requalificação da cidade mira a melhorar a qualidade de vida das pessoas.

A obra vai requalificar toda a rua Senegal assim como a ex- zona militar. E, no largo da Igreja do Nazareno, vai nascer um praça.

  1. vera

    e nha rua ke rua mais grande mindelo, kta ba panha ess rua kbsot tita asfalta, konde kbsot ta txga li, dpos bsot bem bate pa pdi voto.

  2. N.Araujo

    Ficamos contentes com a requalificação do Mindelo. Mas também gostariamos que fosse calcetado outras zonas por ex: em Monte Sossego ao lado do Clube de Futebol Cantareira na subida que da para o Alto Bomba. A muito que os moradores esperam por essa ACÇÃO da nossa Câmara, para uma boa qualidade de vida dos seus humildes moradores.

  3. Alcindo Mamado

    Acabei de assistir à entrevista ao Presidente da CMSV. Entrevistado mais enviesado de todos os tempos, espero que ele tenha a coragem de pedir uma gravação para ele escutar e avaliar a ligeireza das suas respostas: parecia aluno do ensino básico numa prova oral, tenha dó, Dr. Augusto. Afinal já entendi qual é o problema da ilha: falta de ideias dos seus dirigentes.
    S. Vicente está entregue a um grupo de mimados, que sabem onde está mal, mas não têm competência técnica para resolvê-lo, imaginem…

  4. Alcindo Mamado

    Imaginem que a própria jornalista que entrevistava o Dr. sentia que ele não assimilava as questões e não as respondia . parecia mais um dos entrevistados do “Código de vida”: o Dr teve a desfaçatez de querer relacionar o problema de S. Vicente com a construção da Escola de hotelaria na Praia e não na Boa Vista ou Sal: que o Dr disse que S. Vicente tem vocação para o mar, mas que forma pessoas em “calceteria” pq Mindelo tem vários calceteiros, que os grandes investimentos que a CMSV tem para …

  5. Alcindo Mamado

    O grande investimento do Dr é doação de terreno para estrangeiros…instado a falar sobre o cluster do mar, disse que não conhece bem essa ideia, mas que os cabo-verdianos devem andar com os pés no chão – pés no chão??? ele asfalta porque o povo de S. Vicente quer o melhor para si – e os pés no chão???
    Que o Dr precisou de uma cábula lá isso é verdade, se ele era candidato à sua própria sucessão ele queimou-se inteirinho. Com efeito, o homem não serve a ilha…quem sabe o Lélis sairia bem melhor.

  6. meos pes merecen

    Ao fim !!!! Meos pes merecen , a punto de pedir indemnizacion a la CMSV por los dolores en el esqueleto . Tambem solo dava para andar de chinelos !! Gracias Gutico !

  7. O Presidente da Camara na entrevista que concedeu na passada 3ª Feira falou muito em mais conforto para as populações, mas lamentamos isso dizendo que o conforto se encontra na cidáde do mindelo enquanto nas perferias vivemos de migalhas desse conforto. Lombo de Curzinha em Ribeirinha não há iluminação pública, não há esgôtos, não canalização de água, falta de acesso para as residências, zona essa esquecida pela Camara Municipal e que está passar séries dificuldades, fez promessa mas não cumpriu.

  8. Alcindo Mamado

    Acabei de assistir à entrevista ao Presidente da CMSV. Entrevistado mais enviesado de todos os tempos, espero que ele tenha a coragem de pedir uma gravação para ele escutar e avaliar a ligeireza das suas respostas: parecia aluno do ensino básico numa prova oral, tenha dó, Dr. Augusto. Afinal já entendi qual é o problema da ilha: falta de ideias dos seus dirigentes.
    S. Vicente está entregue a um grupo de mimados, que sabem onde está mal, mas não têm competência técnica para resolvê-lo, imaginem… Imaginem que a própria jornalista que entrevistava o Dr. sentia que ele não assimilava as questões e não as respondia, parecia mais um dos entrevistados do “Código de vida”: o Dr teve a desfaçatez de querer relacionar o problema de S. Vicente com a construção da Escola de hotelaria na Praia e não na Boa Vista ou Sal, que o Dr disse que S. Vicente tem vocação para o mar, mas que forma pessoas em “calceteria” pq Mindelo tem vários calceteiros, que os grandes investimentos que a CMSV tem para a ilha… O grande investimento do Dr é doação de terreno para estrangeiros…instado a falar sobre o cluster do mar, disse que não conhece bem essa ideia, mas que os cabo-verdianos devem andar com os pés no chão – pés no chão??? ele asfalta porque o povo de S. Vicente quer o melhor para si – e os pés no chão???
    Que o Dr precisou de uma cábula lá isso é verdade, se ele era candidato à sua própria sucessão ele queimou-se inteirinho. Com efeito, o homem não serve a ilha…quem sabe o Lélis sairia bem melhor.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.