Varoufakis: Saída do FMI das negociações não impede acordo

15/06/2015 07:46 - Modificado em 15/06/2015 07:46
| Comentários fechados em Varoufakis: Saída do FMI das negociações não impede acordo

varoufakisO ministro das Finanças grego, Yanis Varoufakis, afirmou este domingo que uma eventual saída do Fundo Monetário Internacional (FMI) das negociações sobre o resgate da Grécia não vai impedir um acordo com os credores europeus.

“Não ficaria surpreendido se o FMI fizer exigências inaceitáveis que sabe bem que a Grécia não pode aceitar para justificar a sua saída das negociações”, afirmou Varoufakis em entrevista à Realnews, citada hoje pela AFP. O governante grego acrescentou, no entanto, que uma eventual saída da instituição liderada por Christine Lagarde das negociações com Atenas “não vai impedir um acordo apenas entre Atenas e os [credores] europeus”, a Comissão Europeia e o Banco Central Europeu. Neste momento, está em causa o desbloqueio da última tranche do segundo resgate internacional concedido à Grécia, no valor de 7.200 milhões de euros, e de que Atenas precisa para evitar uma situação de incumprimento de pagamentos.

Os credores internacionais estão a exigir compromissos e mais medidas de austeridade aos gregos, como contrapartida deste valor.

cm.pt

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.