Vírus no Facebook identifica utilizador e amigos em vídeo de cariz pornográfico

11/06/2015 12:14 - Modificado em 11/06/2015 12:14
| Comentários fechados em Vírus no Facebook identifica utilizador e amigos em vídeo de cariz pornográfico

facebookVírus identificado como Amazonaws publica posts nas cronologias dos utilizadores e nas dos seus amigos. Utilizadores do Facebook têm indicado na rede social que foram alvo de um vírus recebido através de uma notificação que lhes chegou nos últimos dois dias. O utilizador é identificado com outros amigos num vídeo ou numa mensagem de conteúdo pornográfico partilhado na sua cronologia e, ao abrir o post, o vírus propaga-se através do Facebook.

No post infectado aparece uma mensagem a indicar algo semelhante com “Maria partilhou uma ligação – com Pedro e outras 19 pessoas”. Como surgem identificados na publicação juntamente com amigos no Facebook, a tendência de alguns utilizadores foi clicar no post que deu acesso ou a uma mensagem ou a um vídeo de conteúdo pornográfico com malware (softwaremalicioso). Ao aceder ao post, o utilizador acaba por abrir caminho à entrada do vírus, identificado como Amazonaws, e a mensagem ou vídeo é partilhada com os amigos.

Além do vírus publicar mensagens nas cronologias dos utilizadores, ao entrar no perfil pode assumir o controlo do Messenger e enviar mensagens infectadas com links que, ao serem acedidos, permitem a propagação do vírus. Alguns utilizadores afirmam que uma página que identificam como s3-us-west-2.amazonaws.com está a publicar conteúdos em seu nome no seu perfil do Facebook.

Quem foi afectado pelo vírus Amazonaws deve denunciar o caso ao Facebook e seguir os passos indicados na página Centro de Ajuda da rede social. Nesta página, o utilizador é aconselhado a consultar o seu registo de actividade, acessível através do ícone que surge no canto superior direito da página do Facebook, e eliminar todas as acções indesejadas. Deve ainda verificar os jogos e aplicações instalados e eliminar tudo aquilo em que não confia. Em seguida, é aconselhado a consultar o histórico de acessos para ver se existem acessos suspeitos. O Facebook aconselha ainda a instalar e a executar umsoftware antivírus.

 

publico.pt

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.