O Bairro Onde eu Moro!

11/06/2015 11:33 - Modificado em 11/06/2015 11:33

NiltonO bairro onde eu moro tem pessoas doces como fábulas de mel. Bairro pacato, respeitador, cheio de gente culta, de gentil aspecto. Gente capaz de dizer mais, para além de um simples olá.

Do bairro onde eu moro vejo a Baía do Porto Grande. Ao cair da noite contemplo o pôr-do-sol junto ao majetoso Monte Cara.

No bairro onde eu moro as meninas são lindas de pele morena. Apenas querem respeito e atenção, então eu faço o meu papel.

No bairro onde eu moro as pessoas tem cultura, tem pustura, passam a vida a lutar e não a lamentar que a vida é dura.

Há bairros diferentes do meu, onde as pessoas são sisudas, tristes de rosto fechado, um puro sinal de que não são para muitas conversas. Bairros sujos, onde o cheiro nauseabundo é característico, onde os cães brigam no meio dos entulhos. Quase que por mágia multiplicam ou até mesmo triplicam. Bairros ruidosos onde reina à insegurança.

O meu bairro é distinto. As pessoas batalham dia à dia e mesmo sem incentivos arrajem tempo para o trabalho e para os livros.

Quando saio do meu bairro as saudades são imensas, uma quantidade exorbitante, que cresce à uma velocidade estonteante.

No bairro onde moro o respeito é imperador! No verão as crianças brincam nas ruas, para cima e para baixo como se não houvesse o amanhã.

A noitinha o siléncio carácteristico e a brisa que vem do mar, são catalizadores para um perfeito e merecido descanso.

O bairro onde moro é assim, não tem comparação! Há harmonia e coerência. Há paz, amor e inteligência!

 

Nilton Sousa

Relações Públicas e Secretariado

Email: niltonsousa@hotmail.com

  1. Eduardo Oliveira

    “Eu tive um sonho”.
    Bravo Nilton. No meu tempo de menino era mais ou menos assim porque os meninos, mesmo os da rua, de um modo geral respeitavam os mais velhos. AHavia turpitudes como em toda a parte do mundo mas não era assim desalmadamente.
    Policias havia na rua e bastava ver um para refrearem os maus apetites. Podia-se até dar ao luxo de “brincar” com eles, com o que eles diziam ou faziam. Houve mesmo um deles – Bubista – que dizia aos mais irrequietos “curé pa mod m’ ti ta bà panhobe”.

  2. Natalino

    Textos literários como esses rereiam. Boa temática subjacente!
    Seria bom que todos os bairros fossem como o teu (autor/Nilton Sousa).
    *Retificar pustura por postura!

  3. Natalino

    Textos literários como esses rareiam. Boa temática subjacente!
    Seria bom que todos os bairros fossem como o teu (autor/Nilton Sousa).
    *Retificar pustura por postura!

  4. Observadora

    Eu também quero um bairro assim nilton sousa lol. Porém é so mesmo no meu, no nosso imaginário. Gostei do texto. Saudações

  5. Mindelo

    Mais um vez bom texto nilton. Abraço

  6. Boss

    Um bairro onde todos pudéssemos viver com tranquilidade e harmonia tb gostava. Basta mudarmos de mentalidade poderemos chegar num bairro assim.

  7. Mindelense

    Um bairro seguro, sem violência, onde o respeito é imperador. Quero um bairro assim.

  8. Nilton Sousa

    Obrigada à todos pelas palavras. Ceio que tomos devemos lutar e fazer com que um dia o nosso bairro seja assim. Saudações.

  9. Samira

    E socio bo bairro tem da exemple entao pas ques outro bairro

  10. Sequeira didi

    Amisade alegria simplicidade desporto e muito mais tem o nosso bairro

  11. Cleto da Luz

    párá de dzé bobeiras ó palhass Nilton!!!!

  12. mindelense

    Eu tambem gostaria de viver num bairro deste. Ainda que seja pelo imaginario …

  13. Micau

    É não tem comparação.
    É onde nasci e cesci.
    E eu falo sempre que sou resultado das influências sobre mim e claro a maioria do meu bairro.

    Parabéns pelo textos…passa até um filme das memórias do nosso bairro.

  14. Ema Rodrigues

    Se cada um varresse a porta da sua casa… e um bocadinho mais à frente.
    Se cada um respeitasse o seu vizinho e… o procurasse para interesse geral
    Se cada um desse a mão para actos gerais… então todos os bairros seriam
    como o do Nilton.
    Basta interessarmos não so pela nossa casa como pelo nosso bairro. Isso
    não é impossivel.

  15. Ivo Teles Ferreira

    Tenho de aparecer nesse teu Bairro 🙂 um abraço ilustre Nilton

  16. zenaida

    Esse é o bairro que merecemos viver. Onde há coerência, harmonia e acima de tudo respeito!

  17. Benvindo

    Entao ja mudaste de bairro pq é diferente do bairro que algum tempo atras vivias…como o ruido intence…ou é que os vizinhos mudaram?…fica coool.

  18. Eliseida Fortes

    Há confiança sócio, sábias e inspiradoras palavras. Moral sempre. Bijim

  19. Comentador

    Grd texto Sr. Nilton Sousa eu bem percebi a critica intrínseca. Saudações

  20. Ana Carina

    Temos tanto que dizer do nosso bairro que tu , amigo , consueguiste faze – lo com uma simplicidade remarcante. …. adorei. … continua

  21. Comentador

    Bom texto, sabias palavras. Boa critica, embora intrínseca. Espero que todos percebam. Abraço

  22. Nelida

    Gostei do que li. Acho que devemos fazer texto do género mais e mais vx.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.