Mãe de Ronaldo retida no aeroporto com 55 mil euros na carteira

8/06/2015 15:29 - Modificado em 8/06/2015 15:29
| Comentários fechados em Mãe de Ronaldo retida no aeroporto com 55 mil euros na carteira

dolores aveiroDolores Aveiro, a mãe do futebolista Cristiano Ronaldo foi intercetada e ficou retida no Aeroporto de Barajas, Madrid, quando se preparava para viajar com 55 mil euros na carteira.

 

A notícia faz capa no jornal espanhol “El Mundo” desta segunda-feira, mas tudo terá acontecido em meados de maio quando agentes da Guarda Civil espanhola perceberam que dona Dolores, de 61 anos, se preparava para viajar com 55 mil euros em dinheiro, quando o máximo permitido por lei são 10 mil euros.

A mãe do avançado do Real Madrid e da seleção nacional não terá conseguido explicar a origem das notas, daí que 45 mil euros tenham sido logo confiscados para que pudesse embarcar rumo a Portugal. Dinheiro retido até que Dolores Aveiro prove a origem do valor em causa.

Fontes oficiais esclareceram que, segundo a lei espanhola, o facto não constitui delito, mas uma falha administrativa, o que permitiu a Dolores Aveiro seguir viagem, ficando apenas sujeita a uma multa por não respeitar (alegadamente por desconhecimento) a lei de prevenção de crimes como branqueamento de capitais e evasão fiscal.

O “El Mundo” escreve que Dolores é cozinheira de profissão, no entanto, atualmente, ela apenas cozinha para a família, concentrado as prioridades no neto, Cristiano Ronaldo Júnior, o único herdeiro do craque merengue.

jn.pt

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.