Jovem de 18 anos morre ao ser atingido com um golpe de faca no pescoço

8/06/2015 07:27 - Modificado em 8/06/2015 08:13

Tiago AlmeidaTiago Almeida, 18 anos,  morreu  na noite de  Sábado, 6, depois de ter sido atingido  com um golpe de um objecto cortante no pescoço que atingiu a veia jugular.  O agressor  é um jovem de 16 anos  foi detido pela PN em flagrante delito  e deve ser hoje apresentado ao juiz de instrução  criminal  para a aplicação da medida de coacção.

De  acordo  com dados recolhidos junto  da PN,  Tiago Almeida foi  golpeado  na rua da  Moeda, São Vicente, junto da antiga Casa Serradas, e foi  socorrido junto da rua do Palácio da Justiça.  Uma versão diz que na altura do socorro a vítima  já estaria morta. Mas este online sabe que no seu  braço foram encontradas marcas de picadas de agulha, o que indicia que pode ter chegado ainda vivo ao hospital  e que se tentou salva-lo.

Sobre as causas que conduziram ao assassinato de Tiago Almeida este online sabe que existem duas versões. O agressor, referenciado pela PN pela prática de alguns delitos  e que vive na rua, e os seus acompanhantes dizem que foram provocados pelo  grupo  da vítima e um  deles foi surrado. O agressor  disse a PN que quando lhe foram agredir atingiu Tiago com uma pequena faca de cabo azul que serve para cortar fruta. Os elementos  que estavam com o malogrado dizem que se dirigiam para uma festa no Colombim  quando foram atacados pelos “ piratinhas” na tentativa de lhes roubarem e que Tiago  foi atingido.

 

  1. Dinis da Graca

    A sociedade caboverdeana esta DOENTE!
    Pesames a familia.
    Descanse em PAZ!

  2. Cabo verdeano

    Eu vi uma entrevista de umas testemunhas do caso, amiga da vitima. Só pela forma de expressar dela (nem parasse ser uma estudante, e se la vai não sei para quê), qualquer pessoa com o mínimo de inteligência, consegue traçar o rumo dos nossos jovens. É uma situação preocupante e que envolve todos. Pais, governo e sociedade. É ir na pagina destes jovens e só se encontra expressões “nha negga”, “streett”, “Boys”, “one” …. é nada na cabeça. Idolatram a marijuana como se fosse algo importante.

  3. Cabo verdeano

    Cont. – É mesmo de lamentar tudo isto. A culpa esta na educação base e social. A questão é: até quando? O meus sinceros sentimentos a familia, que são os que sofrem mais com estas situações, mas que também são os principais culpados. Um bem aja a nossa sociedade e que caia na realidade o quanto antes. O governo tem interesse em que continuemos ignorantes para que possam fazer o que lhes apetecer.

  4. Martins M

    Ouvi na RCV , um desabafo de um parente do malogrado, em que este pede que as autoridades tomam medidas com o caçubody, ou seja para eliminar de vez o caçubody, e quanto a sociedade para ” parar” de referir ao caçubody, como se fosse algo de troça: Ou seja ” jás dob caçy”…entre outros termos.

  5. Martins M

    A população do Mindelo ( e quiçá noutras ilhas) deviam convocar a MAC#114 para uma mega manifestação contra a violência

  6. Francisco andrade

    Os 30 mil contos gastos pela ministra Cristina Duarte durante a campanha a presidência do BAD dava ( ou dá e sobeja) para construir um centro de Reabilitação para Menores Infractores. Pois esses rapazes de rua são um perigo a sociedade. O Eden park é um hotel aos rapazes de rua. E ninguém faz nada

  7. Roxana

    Que desgracia !!!! Esta noticia es una desgracia !!!! Q fazia aquel home com a faca azul de note ?

  8. Anónimo

    A culpa esta na educação base e social, ate quando fingir que tudo esta correcto

  9. jocilene santos

    Minha gente onde é que vamos parar com tanta violência num país tão pequeno feito o nosso ,quando é que o governo vai tomar um posição acerca disso. meus sentimentos de pesamo a essa família em sofrimento que Deus lhe da um descanso em Paz.

  10. Ema Rodrigues

    Porte de armas (pistola, faca, etc.) deve ser regulamentado porque não vivemos na selva. E as penas devem ser exemplares porque em qualquer sociedade a Justiça impera. Ninguém pode outorgar esse direito que é exclusivo do Estado

  11. antonia

    Pelo que sabemos em todos os grupos existem gírias e calões. Neste caso estas expressões são meramente gírias para uma geração, não significando necessariamente, que não saibam expressar de forma percetível em momentos oportunos, muito menos associando-as a vagabundagem. Tirar a vida de alguém ultrapassou essas expressões (gírias), passando ao plano de como pensar e agir (desconhecendo valores morais, sentimentais e cristãos).
    Minhas sentidas condolências a família e paz a alma do Tiago.

  12. li

    A pergunta é quando isto termina? O as autoridades nada fazem para esses que vivem na rua mas também para os já conhecidos cacibodistas. É uma vergonha. Sinto nojo destes políticos que vão a assembleia apenas gastar o dinheiro do povo e falar barbaridades em vez de aranjarem soluções para os problemas sociais. Basta de tanta violencia.

  13. Eder monteiro

    Os seu ignorante De nome Cabo Verde desde quando k expressao ” boys” ou dze bo amig one é um questao pa idolatra marijuana ?! Txa de ignorancia tont pessoa na cabo verde ou fora pessoas de idade ou jovens ek ta utiliz expressao “boys”… Ntom bo kre dze se um pessoa tbem txema ot de “buizim” ke e basicament um diminutiv de boys i katem nada haver kond marijuana… Oh pah va te embora. I ntom dzem i kes pessoa ek ta djega na casa bibid a bate ba amdjer i kebra casa destrui ses familia…

  14. Eder monteiro

    Cont.. I bibida ta continua ta ser um coza
    Legal

  15. Fernando Fortes

    Segundo informações, esse miúdo agressor era do Lar Nhô Djunga, casa que foi transformado em repartição pública.
    Cada vez mais temos crianças abandonadas.A ICCA não está a cumprir com o seu papel.

    O Lar Nhô Djunga tem menos de 15 crianças.
    Sabem quantos funcionários tem?

    Deixem a questão a este online

  16. Caboverdeano

    Eder Monteiro, a ignorancia passam de lato e el agarrana na bo. A forma de expressar da pessoas diz muito dela, e quem sabe interpretar te sabe djga onde cte djgot.

  17. Romulo

    primeiramente girias fazem parte do desenvolvimento humano. Nao serve de nada mencionar as girias nesse tipo de caso. Segundo esse caso de violência vem sudo registrado nao so por pessoas jovens como pessoas adultas e muito donas de si, a violência é a reflexão do que a nossa sociedade esta passando, nomeadamente crise politica ( politicos utilizando palavrões e xingando uns aos outros no parlamento) crise moral( homems que batem nas mulheres e vice-versa) uns agentes policiais mal treinados ( agressão sem quê nem porquê) resumindo o nosso pais esta numa fase caótica. Agora pergunto onde esta a culpa ?

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.