ESJB: Alunos do 12º ano consideram as datas de realização das provas de acesso ”muito em cima dos joelhos”

5/06/2015 08:03 - Modificado em 5/06/2015 08:03

ESJBOs alunos finalistas da Escola Secundária Jorge Barbosa consideram que ainda que a data da realização da prova Gerais de Acesso (PGA) seja adiada para os dias 23 e 24 do mês de Junho o tempo fica escasso uma vez que “estão a decorrer provas Gerais Internas e Nacionais (PGI e PGN).

As provas Gerais de Acesso (PGA) são obrigatórias e direccionada a todos os alunos do 12º ano. A prova deveria ser realizada nos dias 16 e 17 de Junho, mas a Direcção Geral do Ensino Superior (DGES), achou por bem realiza-las uma semana depois para facilitar os alunos que encontram-se a preparar para a realização do PGN.

Mesmo assim os alunos finalistas do 12º ano da Escola Secundaria Jorge Barbosa não concordaram, uma vez que ainda assim consideraram “estar muito acima dos joelhos”. Estes alunos querem  um período mais longo para melhor prepararem e obter melhores resultados.

Os alunos que procuraram este online manifestaram descontentamento reagindo ao adiamento das provas de acesso ao Ensino Superior. O aluno Monteiro considera precipitada a decisão, pois não tiveram conhecimento da realização das provas.

O entrevistado entende a preocupação em dotar o país de melhor qualidade de ensino, mas entende que devem  ser criadas todas as condições para permitir melhores resultados.

Por outro lado Coronel aponta a falta de informações por parte do Ministério da Educação. “ Com o stress das provas que provoca muitas vezes agitação dos alunos, a realização da prova Geral de Acesso é mais uma preocupação para os alunos, pois não dispõem de muitas informações”.

Não recusamos a realização da prova até porque consideramos útil, porque permite-nos ingressar de melhor forma nas instituições de ensino superior, achamos que deveriam ponderar o factor tempo” explica a aluna.

A inquietação dos alunos é visível e dizem não desistirem da manifestação que deverá ser realizado por todos os alunos do 12º ano, pois as informações deveriam ser dadas a conhecer com antecedência.

De acordo com as declarações do Director Geral do Ensino Superior a RTC, as provas Gerais de Acesso (PGA) são de carácter experimental e os alunos deverão realizar, pois devem servir para o ingresso do aluno as universidades no país ou no exterior, pois os alunos devem aproveitar uma vez que no próximo ano o mesmo não acontece.

  1. Joelho é esse

    Não estão é para muito trabalho, isso sim. A esta geração das “cabulas”, futuros de cabo verde, vamos de mal a piores… se fosse para um parodinha ja não estava em cima da hora, estava na hora

  2. Fatima fortes

    A minha pergunta é: um estudante que tiver notas positivas no PGA encontra-se também apto para se inscrever e frequentar instituições de ensino consideradas de excelência como Harvard, Cambridge, Stanford, instituto de Tecnologia de Massachussets, etc,etc,.?

  3. edinho

    Achas !
    Universidades moda harvard .pa entra ness universidade nem tud media de 20te pode entra

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.