Chefe Amílcar: a culinária também se faz de sonhos

28/05/2015 08:04 - Modificado em 28/05/2015 08:04

Amílcar Silva Lopes, natural do Mindelo formou-se em Cozinha e Pastelaria na Escola de Hotelaria e Turismo do Algarve, Portugal (Núcleo de Portimão). Desde então, vive um sonho que se tornou realidade. Amílcar é um Chefe de Culinária, porém, ainda com um desejo por realizar, que é o de ter o seu próprio restaurante com um menu by Chef Amílcar, mas afirma que os sonhos acompanham-no na sua vida como homem e profissional.

O gosto pela cozinha surgiu entre os 8 e os 9 anos de idade, quando Amílcar passava as manhãs e as tardes inteiras ao lado da mesa onde a sua mãe, Ducha Silva, fazia bolos de aniversários, casamentos ou baptizados por encomenda. “Durante a confecção dos bolos, havia momentos em que a minha mãe tinha de ir à procura de ingredientes para juntar ao preparado e pedia-me para segurar a batedeira eléctrica de bolos. Foi assim que fui aprendendo e assimilando o processo de preparação até que ela se apercebeu do meu gosto e jeito pela culinária”, conta o Chefe Amílcar. Este revela que “o gosto pela cozinha transformou-se em paixão quando decidi ir a Portugal formar-me nesta área, onde passei a conhecer melhor esta arte de transformar alimentos em pratos apetecíveis tanto para o olhar, como para o sabor. Com todo esse aprendizado e essa paixão, só me restava sonhar e investir para ser um dia um grande chefe”.

O Chefe Amílcar diz que enfrentou alguns obstáculos, como a distância dos familiares e dos amigos mais próximos e a integração em Portugal, onde realizou o seu curso de Cozinha e Pastelaria. Contudo, o amante da cozinha afirma que “a distância fez-me crescer como homem e profissional humilde e, acima de tudo, digno”. Como Chefe, Amílcar acrescenta que “a experiência que me marcou mais foi agarrar no Restaurante do Hotel Fontecruz, de 5 Estrelas, novo com 2 meses de vida, em que a procura era escassa e, passados 6 meses, sermos premiados como um dos 75 melhores restaurantes de Lisboa, entre milhares de restaurantes existentes na Capital portuguesa e de ser destacado no Guia dos melhores Restaurantes de Lisboa em 2014 pela revista “Time out”. Por outro lado, a realidade cabo-verdiana é diferente e não há propriamente a cultura do Chefe de cozinha homem, isto porque “na nossa história, antigamente quem cozinhava eram as donas de casa e o homem que cozinhasse não era “macho”, mas encaro isso como um desafio como outro qualquer”. O Chefe Amílcar assegura que fica orgulhoso de si mesmo e dos seus colegas de profissão e justifica que “fugimos à regra e provamos todos os dias que ser cozinheiro ou chefe é uma profissão tão abençoada como outra qualquer”.

O Chefe Amílcar sempre sonhou em voltar para Cabo Verde e contribuir para o desenvolvimento, inclusive na formação de profissionais com postura de excelência neste ramo. “Cabo Verde apareceu como um desafio como tantos que já tive e muitos que ainda espero ter, com a mais-valia de poder exercer o que eu gosto no meu país que adoro. Assim, aceitei ser o Chefe Executivo da Escola de Hotelaria e Turismo de Cabo Verde no âmbito de um contrato que envolve a Cooperação Luxemburguesa. “Tem sido uma experiência desafiante até pelo papel de primeiro plano que a formação nesse ramo tem para o desenvolvimento do Turismo em Cabo Verde e a sua relação estreita com a geração de empregos e por estar a contribuir directamente para a formação de dezenas, senão centenas de jovens nesta área e tem sido gratificante a partilha de experiências e conhecimentos que este posto me tem proporcionado”.

O Chefe Amílcar garante que “Cabo Verde tem vários potenciais de chefes de cozinha com capacidades de ocupar um lugar em qualquer cozinha nacional” e acrescenta que o segredo está em desafiarem-se a si próprios e em nunca desfocarem-se dos seus objectivos porque de bons profissionais o mercado está cheio. “Mas nos dias de hoje há que marcar pela diferença, pôr um toque pessoal. Todos somos diferentes e todos temos um toque pessoal, temos é que saber encontrá-lo e destacá-lo”, refere o Chefe Amílcar.

Chef Amilcar

[img src=http://noticiasdonorte.publ.cv/wp-content/flagallery/chef-amilcar/thumbs/thumbs_chef-amilcar1.jpg]
[img src=http://noticiasdonorte.publ.cv/wp-content/flagallery/chef-amilcar/thumbs/thumbs_chef-amilcar2.jpg]
[img src=http://noticiasdonorte.publ.cv/wp-content/flagallery/chef-amilcar/thumbs/thumbs_chef-amilcar3.jpg]
[img src=http://noticiasdonorte.publ.cv/wp-content/flagallery/chef-amilcar/thumbs/thumbs_chef-amilcar4.jpg]
[img src=http://noticiasdonorte.publ.cv/wp-content/flagallery/chef-amilcar/thumbs/thumbs_chef-amilcar5.jpg]
[img src=http://noticiasdonorte.publ.cv/wp-content/flagallery/chef-amilcar/thumbs/thumbs_chef-amilcar6.jpg]
[img src=http://noticiasdonorte.publ.cv/wp-content/flagallery/chef-amilcar/thumbs/thumbs_chef-amilcar7.jpg]
[img src=http://noticiasdonorte.publ.cv/wp-content/flagallery/chef-amilcar/thumbs/thumbs_chef-amilcar8.jpg]
[img src=http://noticiasdonorte.publ.cv/wp-content/flagallery/chef-amilcar/thumbs/thumbs_chef-amilcar9.jpg]
[img src=http://noticiasdonorte.publ.cv/wp-content/flagallery/chef-amilcar/thumbs/thumbs_chef-amilcar10.jpg]
[img src=http://noticiasdonorte.publ.cv/wp-content/flagallery/chef-amilcar/thumbs/thumbs_chef-amilcar11.jpg]
[img src=http://noticiasdonorte.publ.cv/wp-content/flagallery/chef-amilcar/thumbs/thumbs_chef-amilcar12.jpg]
[img src=http://noticiasdonorte.publ.cv/wp-content/flagallery/chef-amilcar/thumbs/thumbs_chef-amilcar13.jpg]
[img src=http://noticiasdonorte.publ.cv/wp-content/flagallery/chef-amilcar/thumbs/thumbs_chef-amilcar14.jpg]
[img src=http://noticiasdonorte.publ.cv/wp-content/flagallery/chef-amilcar/thumbs/thumbs_chef-amilcar15.jpg]

  1. Admir

    Parabens amigo e colega do liceu,
    Com trabalho, talento e determinacao tudo se consegue. Correste atras do teu sonho e tas a conseguir. Fico feliz por ti.

  2. isaura maria santos

    Parabéns, tive o prazer de trabalhar com um bom profissional, que é o amilcar silva mtas felicidades meu amigo bjo

  3. José spencer

    Força chef, tive oportunidade de aprender contigo sobre Finger food, na Boa Vista, foi um espectáculo. Abraço.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.