Seguro morreu de velho: Passageiros receiam viajar no navio “Inter-ilhas”

20/05/2015 07:31 - Modificado em 20/05/2015 07:31

jpg_Inter-ilhas-1As fracas ou nulas condições dos navios de passageiros têm gerado um clima de muita insegurança no seio dos passageiros. E, principalmente, de desconfiança. Os entrevistados pelo NN receiam viajar no ‘Inter-ilhas’ uma vez que criticam as condições do navio e a segurança marítima em Cabo Verde.

Os últimos acidentes marítimos em Cabo Verde, incluindo perdas humanas, geraram um clima de suspeição e de insegurança nos passageiros. Esta desconfiança atinge o navio ‘Inter-ilhas’ que começou a navegar entre as ilhas de São Vicente e Santo Antão e, posteriormente, deverá efectuar viagens a outras ilhas. O ‘Inter-ilhas’ foi adquirido na Islândia em Janeiro deste ano, tem 45 anos e sofreu duas reconstituições, tem capacidade para transportar 242 toneladas e 400 passageiros.

Desde a sua chega ao País que o ‘Inter-Ilhas’ mereceu a desconfiança dos utentes e percorreu um longo caminho até conseguir a certificação. A capacidade da embarcação, com 45 anos, para navegar nas águas do arquipélago foi posta em causa. “O barco não tem estrutura para enfrentar ondulações de mais de quatro metros porque a proa é baixa e a boca pequena. Além disso, a garagem de carga fica por cima do salão de passageiros”. Mas em declarações ao ‘Asemana online’, o gerente da companhia, Luís Viúla, tratou de dissipar as dúvidas, afirmando que “o navio sulcou as águas turbulentas da Islândia durante quatro décadas. Não terá problemas em fazer viagens em Cabo Verde”.

Mas os receios não se desvaneceram. Em contacto com os passageiros no Cais do Porto Grande, os entrevistados pelo NN deixaram transparecer o receio de viajarem no navio ‘Inter-ilhas’, uma vez que estes consideram que o mesmo não reúne todas as condições necessárias para o transporte de passageiros.

“Tendo em conta a insegurança marítima em Cabo Verde e o recente acidente que veio colocar a nu as fragilidades do sector, os passageiros pensam muitas vezes antes de decidir viajar nos navios, ainda mais num barco velho”, desabafa Nélio Costa.

Samira Odeth acompanhante de um dos passageiros critica, afirmando que, “lá por vivermos num país de fracos recursos não quer dizer que tenhamos de viajar em navios que não tenham condições de segurança”.

Os passageiro ouvidos por este online afirmam que “o ‘Inter-ilhas’ veio desenrascar, mas não passa de uma outra “carcaça” sem quaisquer condições e espero que quem de direito tome, desta vez, as previdências necessárias permitindo o navio de navegar só depois de reunir todas as condições e garantir a segurança dos viajantes”.

Otelindo Correia, também passageiro, diz que “sem outra alternativa, resta correr o risco e entregarmo-nos nas mãos de Deus, mas todos temos a consciência das fragilidades do sector marítimo que devem ser resolvidas imediatamente”.

  1. Vla

    O problema da marinha mercante cabo-Verdiana está nos capitães dos navios. São todos uns burros, começando pelo José Fortes (antigo presidente da agencia marítima), João de Deus (Djonça) e resto dos outros. Se os barcos não tinham segurança nem chegariam a cabo verde quanto mais durarem 40 ou mais anos sem irem ao fundo. O problema da insegurança esta nos Capitães de Cabo Verde, são os únicos responsáveis pelas mortes e fundamentos em cabo verde. Por isso senhor passageiro podes viajar tranquilo.

  2. Gertrudes

    Esse lixo quem vai andar nele é quem nao tem amor a vida!!!
    Não deviam aceitar esse barco para navegar nas aguas de Cabo Verde, não lembram do que aconteceu com o navio vicente?
    Cuidado pessoal!!

  3. Julio Goto

    …toda a plhacada a volta do INTER ILHAS. E o cumulo da BURRINDADE . Um navio pode navegar muitos anos desde de que a manutencao e feita em tempo. O casco as valvulas de fundo os as mangas do veio do helice e do leme, os motores electricos os quadros de distribuicao etc…etc….
    Um barco que ja navegou no mar com ondas de 8 metros durante 45 anos nao vai aguntar o mar manso de Cabo Verde.
    Tenho 100% de certza que o navio e de classe A.

  4. saiko

    este barco eh melhor que temos em c verde nesse momemento esta equipado tude de novo

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.