Policia marítima transfere agente para evitar confusões

2/08/2012 02:13 - Modificado em 2/08/2012 02:13

O NN apurou que a Polícia Nacional efectuou a transferência do agente da Polícia Marítima, Ivan Monteiro para a ilha de Boa Vista. O agente policial foi transferido para a ilha das Dunas, porque vinha protagonizando alguns incidentes com cidadãos na ilha de São Vicente. Em Maio, uma mulher intentou um processo-crime junto da Procuradoria de São Vicente acusando Monteiro de agressão e abuso de autoridade. Esta situação entornou o caldo da reincidência do policial nesse tipo de situação., visto que em Novembro de 2011 uma vendedeira ambulante e o filho acusaram-no de perseguição e abuso de autoridade.

 

O agente da Polícia Marítima, Ivan Monteiro que exercia as suas funções em Mindelo foi transferido para a ilha da Boa Vista, como forma de evitar que haja novos problemas com cidadãos. É que nos últimos seis meses, Monteiro envolveu-se nalgumas confusões, da qual os intervenientes acusam o policial de agressão e abuso de autoridades. O NN sabe que na Procuradoria de São Vicente encontram-se dois processos contra Ivan Monteiro, sendo o último caso registado no cais do Porto Grande.

Pelo que estas situações fizeram com que a Polícia Marítima abrisse um inquérito para apurar as razões dos incidentes que envolveram o agente policial. De acordo com um elemento dessa unidade “Monteiro foi transferido para Boa Vista de modo a serenar os ânimos e evitar novas controvérsias que envolvem a sua pessoa. Porque de facto ele exercia bem a sua função na ilha, porém nos últimos meses registaram-se alguns incidentes que ditaram a sua transferência”.

Ivan Monteiro trabalha neste momento na ilha das Dunas, mas em São Vicente contra si encontram-se em fase de instrução duas queixas-crime por alegadas agressões e abuso de autoridade. Ivan é acusado de agredir uma vendedeira ambulante e o filho nas imediações da Escola Salesiana e de ter agredido uma mulher no caís do Porto Grande. Recorde-se que a 8 de Dezembro 2011, Monteiro foi condenado a dois anos de prisão pelo crime de VBG. Porém o juiz de instrução criminal decidiu suspender a pena por um período de dois anos.

  1. curioso

    Esqueceram do senhor humilde pai de família, se tivesse o seu nome iria salienta-lo, mas sei que ele é irmão de um advogado da praça mindelense, que este policial prendeu na frente da Camara Municipal, só para mostrar uma moça que este (o policial) esteve a conquistar só para demostrar que ele realmente é da policia.
    É uma vergonha saber que este senhor ainda utiliza o fardamento da Policia Nacional, que é uma instituição seria, e que todos requeremos o respeito dos caboverdianos a essa instituição.

  2. MJS

    POR FAVOR, SENHOR DIRECTOR DO NN, DEIXA PASSAR O MEU COMENTÁRIO, VISTO CORRESPONDER A VERDADE DOS FACTOS : Há muito tempo, este indivíduo devia estar fora da Polícia! (…) Ele é uma vergonha para a corporação Policial. É sintomático, ele, envolver em problemas só com mulheres! Se a memória não me falha, todos os processos crimes em Tribunal contra o IVAN, são processos por abuso de autoridade e espancamento em mulher. A sua transferência para Boa Vista não resolve coisa nenhuma. O ideal seria afastá-lo da Policia Nacional. Não compreende a decisão dos superiores da Polícia Nacional em transferi-lo para Boa Vista! Pelo menos, aqui em São Vicente, tinha um melhor controlo por parte do Comandante da Polícia Marítimo – homem sério e que não se deixa corromper por quem quer que seja -.

  3. Ivan Paulo M.Silva

    Em 1º não lhe vou responder esses comentarios idiotas e levianas pq. o sr. ou é sra!?não tem nome é anónimo ,um rato de esgoto que vive de coisas “comesinhas”,eu támbem sou chefe de familia seu palerma e o que o sr. põe aqui é absurdo,e dá-me vontade de rir,e mais triste é que se realmente for um Homem,da qual duvido denota uma grande frustração,impotencia e com mente perturbado!Que Deus lhe proteja seu infeliz!

  4. Cabrer

    e pq é q todos q cometem algum erro, ou formantes sao enviados para a ilha da boa vista? sera q as pessoas dessa ilha nao precisam de pessoas qualificadas, pessoas serias? como castigo vao para boa vista e la fazem o q querem, e o resultado é o q todos sabemos, uma ilha onde nao se respeita as autoridades e eles nao se dao ao respeito. esse é um caso a pensar….

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.