Casamento Oshiomhole: racismo, xenofobia e dor de cotovelo

18/05/2015 07:25 - Modificado em 18/05/2015 07:25

iaraO casamento da modelo cabo-verdiana, Iara Fortes com o governador do Estado de Edo (Nigéria), Admas Oshiomhole, está a ser alvo de críticas e especulações. Neste caso, os internautas não respeitam o velho ditado “entre marido e mulher não se mete a colher” e metem pimenta, racismo e discriminação no casamento mediático da semana.

O casal Iara Fortes e Admas Oshiomhole trocou alianças na sexta-feira, porém, o casamento causou fervor nas redes sociais e muitos dos comentários são xenófobos e racistas, isto porque alguns questionam a opção da modelo cabo-verdiana. “Sejamos realistas… A diferença entre os dois é mais do que evidente. Os pseudomoralistas que se calem. Ninguém me convencerá que foi um casamento desinteressado, ainda que o marido fosse da raça branca”, comenta um leitor. Muitos comentários vão no sentido que o casamento não foi por amor, porque alguns consideram que a modelo Iara Fortes é muito bonita e jovem para casar com o governador que não está à altura da sua beleza, nem com idade para casar com um “titio”. Todavia, “as bocas dizem o que querem” e de Iara e Admas Oshiomhole, aquelas bocas passam para o nacional: “então e as nossas que estão aqui, a casar com os mandjacos, pulas, até chinês ou amigam com homem casado só por ter um bom emprego ou coisas do género, casam também por amor?” e pedem para virar os olhos para Cabo Verde: “vejam quantas mulheres jovens cabo-verdianas que estão com titios. Por exemplo, aqui na Praia e na São Vicente um afronta de Iaras Oshiomhole”.

iara1Todavia, alguns internautas são a favor do ditado “quem ama feio. Bonito lhe parece” e até metem a colher em defesa da modelo e remetem o assunto a racismo e xenofobia. “Estes comentários todos deixam-me um amargo na boca, como cidadão. É a minha terra no seu pior. E, afinal, somos uns grandessíssimos racistas e, para mais, invejosos e de mau carácter. A moça é livre de se casar com quem quiser e ninguém tem nada a ver com isso. Ou não é assim? O que têm a ver com vida dela?”. Outros até relembram Ana Ferreira que em entrevista refere que os boavistenses cheiram mal: “Cabo-verdianos na momento nhos staba so ta critica portuguesa de ser racista contra nos né, mas ca nhos scesi ma pior racismo é preto ta fazi racismo contra preto é muito notável racismo entre povos de cabo-verdianos (sampadjudos contra badius) assim como de cabo-verdianos contra povos de otos países de África, já que nhos sta xinte mal horas que brancos descreminano ca no fazi o e msmo também co otos povos”. Há quem vá mais longe e diz que é necessário repensar a questão da identidade em Cabo Verde. Outros concluem “parece que hoje o povo não tem mais nada para fazer e resolveu divertir-se à custa desta notícia. Pessoalmente, nada contra este casório mas, se é da vontade dela, que seja… bie, bie , vou procurar outra coisa para matar o tempo”.

 

  1. cafe

    agora jas bem inventa ote moda nesse terra, ja k é dá cafe nem socu na rostu, agora moda é lara Oshimole kkkkkkk, é so da es lara oshimole fala que es ta ba logue. ja k tem dzida dá um café ou socu na rostu mas. Ó baby bem dame um lara oshimole!!!! kkkkkkk

  2. SN

    Se cada qual tava preocupa se vida e não de vida dos outros, mundo tava melhor.
    Que Deus vos abençoe! Sejam felizes.

  3. MINHA FILHA

    A minha filha acertou em cheio no JACKPOT, muita inveja do nosso grande TITIO.

  4. indescreta

    e se Adams nao fuera givernador da region petrolera nem de terra com diamantes ,a Lara se casaria com ese sr da 3 edade , pequenho de tamanho e sem olhos bonitos ?
    Esta muy duro de acreditar pero ,es ella la q se casa .

  5. estrela

    até que ponto a sociedade caboverdiana chegou criticar o outro pela escolha. Pelo que eu sei existe um direito que é liberdade de escolha, pois ela exerceu o seu direito de ser feliz com quem lhe apetecer, pelo dinheiro ou não a vida é dela e casa com quem quiser. Fica a dica não intrometam na vida dos outros seus racistas.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.