Cemitério da Várzea: Restos mortais depositados em contentores

15/05/2015 00:29 - Modificado em 15/05/2015 00:29

cemiterio varzeaOs moradores da zona da Várzea denunciam o cheiro nauseabundo de restos mortais depositados em contentores de lixo doméstico.

Restos de caixões, cruzes, panos e roupas são encontrados dentro dos contentores juntamente com o lixo caseiro. De acordo com os moradores, muitas vezes encontram-se restos mortais no chão e o cheiro é insuportável. Descontentes com a situação, chamaram a atenção dos funcionários do Cemitério que responderam não terem outra alternativa.

Os moradores mostram-se preocupados com a situação e apelam por uma solução urgente uma vez que os contentores ficam próximo das residências e trazem vários problemas para a saúde pública.

De acordo com os moradores, o depósito dos restos mortais dentro dos contentores tem sido uma prática de longa data. Segundo uma das moradoras “todas as vezes que me desloco para colocar o lixo no contentor, encontro restos de caixões e cruzes, às vezes no chão outras vezes dentro dos contentores”.

O cheiro nauseabundo também tem vindo a perturbar o sossego dos moradores. “Todos os dias os coveiros retiram caixões e restos de roupas e depositam, sem qualquer protecção, deixando um mau cheiro insuportável. Muitas pessoas passam com o nariz vendado por causa do mau cheiro”.

Uma outra moradora diz-se preocupada com a situação pois tem filhos pequenos e teme pela saúde dos mesmos caso o problema não seja resolvido.

“Exigimos que os dirigente saiam dos gabinetes e vejam a situação dos moradores e resolvam os nossos problemas”.

  1. Diaspora

    Vivo nos Estados Unidos, sou Caboverdeano e gostaria saber a razao que os corpos sao retirados e colocados em contentores.

  2. jose pinto

    várzea não tem que queixar…primeiro dexem de porqueza…os moradores lançam lixo na rua e agua suja tb. não têm respeito nem pelas pessoas que passam…porcos…estamos é triste de o cemitério estar lá…

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.