Uchimura ganha ouro na ginástica artística

2/08/2012 02:08 - Modificado em 2/08/2012 02:08
| Comentários fechados em Uchimura ganha ouro na ginástica artística

O ginasta japonês de 23 anos bateu a concorrência no evento individual “all-around” terminando a prova com uma pontuação total de 92.690. O evento composto por salto a cavalo, cavalo com arções, argolas, barra fixa, solo e paralelas. Uchimira teve a pontuação máxima no salto a cavalo e foi segundo nos três outros aparelhos mas no solo obteve a sua pior pontuação no solo, mas suficiente para ganhar o ouro melhorando a sua performance das ultimas olimpíadas que tinha conseguido prata nesta especialidade. A medalha de Uchimura, que é tricampeão mundial de ginasta, concurso completo, conquistou a quinta medalha para o Japão nesta especialidade.

 

 

No segundo lugar, com um total de 91.031, ficou o ginasta alemão Marcel Nguyen. E para completar o pódio o norte-americano Danell Leyva.

 

 

Primeira medalha de ouro para a anfitriã

A anfitriã dos jogos olímpicos de 2012 conquistou a sua primeira medalha de ouro. As autoras dessa proeza foram Helen Glover e Heather Stanning que com o tempo de 7min27s13, conquistaram o ouro no remo. As vencedoras conseguiram guardar uma vantagem de dois segundos das prateadas, Sarah Tait e Kate Hornsey, da Nova Zelândia. As medalhas de bronze foram para as neozelandesas Rebecca Scown e Juliette Haigh, que fizeram a prova no tempo de 7min30s19.

 

Ainda no remo

 

A Ucrânia conquistou hoje a sua primeira medalha de ouro olímpica no remo, depois deKateryna Tarasenko, Natalia Dovgodko, Anastasia Kozhenkova, Yana Dementieva vencerem a prova de scull de quatro. A equipa ucraniana venceu o ouro com 6m35s,93 para concluir os 2.000 metros da prova. A Alemanha ficou com a prata com 6m38s09. Os Estados Unidos conquistaram a medalha de bronze, com um tempo de 6m40s63 minutos

 

 

Gyurta ganha ouro com tempo recorde

Com o tempo de 2m 07s 28 o húngaro Daniel Gyurta conquistou a medalha de ouro nos 200 metros bruços, e estabeleceu um novo recorde do mundo na especialidade. Gyurta superou em três centésimos de segundos o anterior máximo mundial, que estava na posse do australiano Christian Sprenger (2m07s31, a 30 de Julho de 2009, em Roma).

Numa prova decidida nos últimos metros, o britânico Michael Jamieson bem tentou chegar à liderança mas teve de contentar-se com a medalha de prata, enquanto o japonês Ryo Tateishi ficou com o bronze.

 

 

Final chinesa em ténis de mesa feminino

 

A Li Xiaoxia conquistou o ouro olimpico em ténis de mesa numa final entre compatriotas. Na final venceu Ding Ning, a número 1 mundial. Li Xiaoxia ganhou o encontro em cinco “sets”, pelos parciais de 11-8, 14-12, 8-11, 11-6 e 11-4. A medalha de bronze foi arrebatada por Feng Tianwei, de Singapura, que venceu a japonesa Kasumi Ishikawa, no encontro de atribuição do terceiro lugar.

 

Balanço das medalhas

A china lidera em quantidade e em qualidade com 30 medalhas, sendo 17 de ouro, 9 de prata e 4 de bronze. Em segundo lugar os Estados Unidos com 29 medalhas. Neste leque contam com 12 de ouro, 8 de prata e 9 de bronze. A Correia do Sul ocupa o terceiro lugar com 12 medalhas, 6 de ouro, 2 de prata e de bronze. Na perseguição aos coreanos surge a França com 13 medalhas mas perde o lugar o posto por uma medalha de ouro a menos. Mas já amealhou mais 3 de prata e cinco de bronze.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.