Morte no Campim: familiares desconfiam de envenenamento PJ aguarda pela autópsia

14/05/2015 08:04 - Modificado em 14/05/2015 08:04
| Comentários fechados em Morte no Campim: familiares desconfiam de envenenamento PJ aguarda pela autópsia

investigação2Ainda é um mistério a morte de Cesaltina, 28 anos, residente no Campim, São Vicente, que após uma indisposição, morreu em sua casa antes de poder ser assistida. Segundo relatos de familiares, a jovem foi para uma festa por volta das 14 horas de domingo e quando chegou a casa, foi-se deitar e começou a sentir-se mal. O companheiro chamou os bombeiros, mas quando estes chegaram, Cesaltina já tinha morrido.

No HBS não conseguimos saber as causas da morte porque o corpo vai ser autopsiado para se apurarem precisamente, as causas da morte, visto que as mesmas nãos são evidentes. Os familiares pensam que se trata de um envenenamento porque “uma amiga que esteve na mesma festa de Cesaltina, deu entrada no Hospital Baptista de Sousa horas antes com fortes dores no corpo, vómitos e diarreia”.

O que é muito pouco para a PJ investigar um homicídio. Resta assim aguardar pelo resultado da autópsia para que este mistério comece a ser esclarecido.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.