Os segredos sexuais das lésbicas

11/05/2015 08:57 - Modificado em 11/05/2015 08:57
| Comentários fechados em Os segredos sexuais das lésbicas

Um estudo revelou que elas têm mais orgasmos dos que as mulheres heterossexuais. Ou seja? Está na hora de aprender os seus truques.

lésbicas-dicas (4)

Não interessa quão talentoso você seja na cama, caro leitor, nunca chegará aos pés de uma lésbica. E o motivo é simples: elas têm um corpo igual ao de suas parceiras, portanto sabem exatamente o que fazer para estimulá-lo.

Se você não acredita nisso, então vamos dar um argumento científico. Um estudopublicado em agosto no “Journal of Sexual Medicine” revelou que as lésbicas têm mais orgasmos do que as mulheres heterossexuais.

A pesquisa falou com 2850 pessoas que fizeram sexo nos últimos 12 meses. Enquanto as lésbicas gozaram em 74,7% das transas, as heterossexuais chegaram ao clímax em 61,6% delas.

Ou seja? Está na hora de aprender os seus truques.

Encontramos na edição inglesa da Men’s Health um artigo que revela os 6 segredos sexuais das lésbicas. Eles conversaram com três especialistas em sexo lésbico, para desvendar as suas técnicas. Confira abaixo as dicas, que traduzimos especialmente para vocês, de e torne-se um deus do quarto:

1# Carinho entre os seios

lésbicas-dicas (5)

O que: Massageia a área entre os peitos usando as costas da sua mão.

Por que: “Os taoístas antigos acreditavam que massagear essa área elevava a libido da mulher”, diz Esther Lastique, autora de Love Her Right. “Hoje em dia temos uma explicação mais científica: massagear a área entre os seios ajuda a produzir o hormônio oxitocina. Ela vai relaxar na hora do orgasmo e se sentir mais íntima de você.”

Como: “Passe a mão para cima e para baixo entre seus peitos antes de tocá-los”, diz Lastique. “Usar as costas da sua mão é melhor porque força você a fazer o movimento gentilmente. Tente isso enquanto faz sexo oral para fazê-la se sentir mais conectada a você e chegar ao clímax mais rápido.”

2# Beijo rítmico

lésbicas-dicas (6)

O que: Beije sua garota ritmicamente durante o sexo.

Por que: As lésbicas não param de beijar quando os sutiãs caem fora. Elas sabem o quanto isso pode ser provocador. “Durante o sexo a maioria dos homens para de beijar”, conta Flci Everett, autora de Red hot Sex. “Mas o beijos a ajudam a chegar lá.”

Como: “Comece com beijos suaves mas provocantes e aos poucos coloque mais ritmo e profundidade conforme o sexo for se desenvolvendo”, explica Everett. Beijar de forma ritmada dará mais prazer a ela e a deixará mais excitada. “Mas não tente sincronizar o movimento da língua com o do pênis enfiando-a e tirando-a da boca da parceira, pois as mulheres odeiam isso.”

3# Para o infinito e além

lésbicas-dicas (3)

O que: Gire os quadris durante o sexo fazendo o símbolo do infinito (forma do 8).

Por que: “Os homens tendem a empurrar o pênis para dentro e para fora, porque todos são erógenos”, é o que diz Latique. “Mas a parte mais sensível da vagina é logo em volta da abertura. O giro do infinito pressiona a base do seu pênis contra todas as terminações nervosas sexuais dela.”

Como: “É especialmente eficaz por trás”, explica Latique. “Funciona bem na posição do missionário também se sua parceira posicionar as pernas sobre seus ombros para maximizar a estimulação do ponto G. Se ela estiver por cima, peça que ela realize o giro do infinito.”

4# A técnica do impulso

lésbicas-dicas (2)

O que: Durante a relação sexual adote impulsos mais profundos.

Por que: “Os homens costumam usar penetração rasa durante durante o sexo, quando o pênis é puxado até a metade para fora da vagina para, em seguida, ser reintroduzido”, conta a expert em relacionamentos lésbicos Joni Frater. “Isso é bom para você, mas não estimula o ponto G ou o clítoris da mulher. Se você observar uma moça usando um brinquedo erótico verá que ela o introduz principalmente de forma profunda na vagina.”

Como: “Insira seu pênis o mais profundamente que der e balance a pélvis”, diz Frater. “Isso vai colocar o seu osso púbico em contato com o clítoris, o que pode fazer com que ela chegue no clímax mais rápido; e não vai estimular muito a cabeça do seu pênis, o que vai fazer com que você não termine antes da hora.”

5# Papel, tesoura e orgasmo

lésbicas-dicas (7)

O que: Use o seu dedo para atingir o seu ponto G, X e Y.

Por que: “Apenas escorregar seu dedo para dentro e para fora da vagina não é um grande estímulo para ela, isso não faz nem cócegas”, diz Latique. “Em vez disso, faça o movimento de tesoura para acariciar seu ponto G e os dois pontos ao lado dele: o X e o Y.”

Como: “O ponto G fica na parede da vagina próximo do umbigo cerca de dois centímetros”, explica Latique. “Coloque dois dedos de forma que as pontas pressionem o ponto G e então faça um movimento de tesoura abrindo-os e fechando-os. Se ela sentir que precisa urinar você está fazendo certo. Continue e ela terá um profundo orgasmo.”

6# Circule a área-alvo

lésbicas-dicas

O que: Estimule a área do clítoris.

Por que: “O clítoris é essencialmente a miniatura de um pênis”, esclarece Frater. “A cabeça é como sua glande, e abaixo disso, sob a pele, existe um eixo em forma de tubo cheio de terminações nervosas. Encontre isso e você se tornará inesquecível.”

Como: Comece com um dedo lubrificado em cada lado do clítoris. “Pense nisso como a face de um relógio com o clítoris no centro. Comece com um dedo às nove e outro às três. Mova-os em circularmente e pressione um pouco quando chegar às onze e à uma. As mulheres frequentemente se masturbam usando esse movimento, então é o favorito das lésbicas”. E se é bom o bastante para elas…

 

 

elhombre.com.br

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.