Encerramento forçado devido a obras

11/05/2015 07:54 - Modificado em 11/05/2015 07:54

Rosy Brigham, gerente da loja Kadô localizada no Mercado Municipal, foi obrigada a encerrar as portas na sexta-feira, 08 de Maio, devido à realização de obras de manutenção no mercado. Porém, já é a segunda vez que a gerente se sente lesada e solicita que seja “indemnizada” pelos danos sofridos, visto que não consegue vender com as portas encerradas.

“No mês de Dezembro nos dias 26 e 27 ocorreu a mesma situação e foi prior, tive andaimes em frente à porta e sem conseguir abrir a loja”, desta forma Rosy diz estar indignada visto que a Câmara Municipal de São Vicente não faz o aviso prévio e desde Janeiro a gerente aguarda resposta a uma carta entregue à CMSV sobre o fecho forçado da loja Kadô. A gerente considera que é um abuso de poder por parte das autoridades, visto que “nem resposta do 1º episódio e ainda há uma segunda vez.” Onde a porta de ferro do Mercado Municipal está a ser arranjada e culmina em muito pó dentro da loja da Kadô, visto esta ficar ao lado.

O vereador, Rodrigo Rendall, comenta o fecho da loja Kadô nos dias 27 e 28 Dezembro devido à pintura que estava a ser realizada no mercado, “a questão foi logo resolvida e inclusive falei pessoalmente com a gerente antes do envio da carta, visto que o intuito é melhorar para que a cidade fique mais bonita e mais atractiva e não prejudicar nenhum operador com a realização das obras de melhoria do Mercado Municipal”. Ainda acrescenta que desconhece do arranjo da porta e mais afirma que “irei verificar e tomar as medidas necessárias”.

  1. rosy brigham

    Há pois estão a embelezar as ruas do Mindelo! O vareador fique sabendo que S.Vicente precisa de mais do que só ” beleza “. è preciso ter mais respeito para os que trabalha nesta terra principalmente aqui em S.V onde estamos vivendo sufocados e com impostos a redobrar sem resultado visível a bem desta ilha!!!!!!…
    E é isso que dá quando não se faz a fiscalização das obras.

  2. to rosy

    Querida Rosy, a culpa não é da CMSV se as finanças estão matando os pequenos comércios, Como és militante do paicv, porque não pedes ao ze pinóquio que deixe de sufocar-vos. Olha, há dias o ze pinóquio esteve cá em Mindelo numa tal de “Mindelo meetpoint” ou sei lá o que queriam dizer com isso, e ele, juntamente com aquela comitiva grande de sei la quantos lambe botas e tachista, foram “dumitód” para Santo Antão, almoçar no Pedracin e voltaram a tarde. bo ti te oia um coza????

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.