Vazamento de esgoto preocupa moradores

7/05/2015 08:13 - Modificado em 7/05/2015 08:13
| Comentários fechados em Vazamento de esgoto preocupa moradores

tubos na praia do Lazareto2Moradores da zona do Lazareto dizem-se preocupados com o vazamento de esgoto na praia. Uma situação que persiste há vários anos e sem resolução definitiva.

 

A situação do vazamento de esgoto na Praia do Lazareto, em São Vicente, parece não estar definitivamente resolvida. Os moradores e frequentadores da praia continuam preocupados com a situação do vazamento da água do esgoto no mar pondo em causa a saúde pública.

Para um empresário residente na zona do Lazareto, a situação é preocupante uma vez que a praia representa parte da imagem da ilha provocando danos ambientais e não ajuda no crescimento do turismo na zona que dispõe de sítios de lazer: hotéis frequentados por turistas e nacionais.

Incomodados com a situação que persiste há vários anos, os moradores do Lazareto dizem que no último feriado tiveram de chamar a Polícia para informar e impedir as pessoas de se banharem na praia uma vez que, pelo menos duas das frentes de água do esgoto, corriam pelo mar dentro contribuindo para a poluição e a preocupação dos banhistas.

De acordo com um dos moradores, no dia um de Maio, a praia do Lazareto estava completamente cheia de pessoas que escolheram essa praia para momentos de descontracção, mas muitos não tiveram oportunidade de entrarem no mar por causa da poluição. “Esse problema é constante e deve ser solucionado o mais brevemente possível, pois ninguém aguenta o fedor”.

Um dos entrevistados considera a situação como “desconfortável” uma vez que a praia é frequentada por várias pessoas com a intenção de se banharem e aproveitarem do espaço, mas “são incomodados pelo mau cheiro e estando o mar poluído, são impedidos de entrarem na água”.

O mesmo desabafa que “os responsáveis já tiveram tempo suficiente para resolverem o problema que tem vindo a afectar as pessoas e os proprietários. O mau cheiro, a poluição do ambiente faz com que os clientes procurem espaços mais confortáveis e tudo isso contribui para diminuir a vendas das ofertas dos serviços na zona do Lazareto, principalmente dos que estão situados próximos da praia.

Segundo os entrevistados, a construção do parque na zona do Lazareto ganhou uma nova dinâmica com um espaço que atrai grande número de visitantes. Com o aproximar-se do Verão, cresce o número de visitantes pelo que os moradores temem que a situação não esteja ainda resolvida.

Os queixosos apelam, mais uma vez, a atenção das autoridades responsáveis para a resolução do problema que coloca em risco a saúde e o bem-estar da sociedade.

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.