Dia dos Trabalhadores deixou de ser de coke e bafa: enfim passa a ser um dia de luta!

28/04/2015 07:39 - Modificado em 28/04/2015 07:44

trabalhadorTradicionalmente o 1º de Maio tem sido um dia feriado para passeios, convívio entre os trabalhadores das empresas, em suma, um momento de descontracção e confraternização. Isso se não fosse o dia dos trabalhadores. Em muitos outros países, este dia é um dia de luta da classe por melhores condições. A história deste dia remonta a 1886 quando milhares e milhares de trabalhadores foram às ruas reivindicar melhores condições de trabalho, em Chicago.

A onda de marcha e de luta pelos direitos civis em Cabo Verde vem aumentando e cada vez com mais adesão de pessoas. A UNTC-CS quer que esse dia também seja de luta e a convocatória é para, no dia dos trabalhadores, as pessoas saírem à rua para “marcharem por mais emprego”.

Este tipo de manifestação não é inédita mas o dia agora passa a ter algum sentido, sendo a luta agora virada para as pessoas desempregadas no país que apresenta uma taxa de emprego elevada.

Mas ao que parece, a ideia tem tido eco na sociedade, principalmente, na camada jovem. “A situação não tem sido a melhor e, por isso, devemos tentar mudar as coisas mostrando o nosso descontentamento de alguma forma”, diz Christie Soares. São Vicente tem sido uma das ilhas mais afectadas pelo desemprego e, por isso, “é a que tem mais razão para manifestar a sua insatisfação”, diz Jorge Nascimento.

“São Vicente tem de mostrar o seu descontentamento com a situação actual e lutar por melhores políticas”, defende Janine Dias. A mesma acrescenta que todos os poderes local e nacional têm de saber que as pessoas estão descontentes com as políticas seguidas e que pedem mais emprego para as pessoas. E Djon Cruz, de Monte Sossego, diz que as pessoas têm de deixar de ser apáticas e começar a reclamar.

A “vitória” do povo sobre o Estatuto dos Titulares de Cargos Políticos é vista como um bom exemplo de que se as pessoas se unirem podem conseguir. E com a aproximação das eleições, como Kevin da Bela Vista analisa, os políticos têm de ter mais atenção para conseguirem mudar o rumo das coisas.

  1. ELISABETH MIRANDA

    D’ONDE COMEÇA A MANIFESTAÇÃO E A QUE HORA ?, ESTAREMOS TODOS ….

  2. DEMOCRATA

    Vamos exigir mais emprego e melhor distribuição dos recursos nacionais. Não é justo haver pessoas a ganharem salários milionários e várias regalias, enquanto outras ganham salários de miséria e passam fome. Se há condições para uma vida condigna é para toda a gente. Se não há condições, todos devem fazer sacrifício e apertar o sinto. A DEMOCRACIA NÃO SE BASEIA APENAS NA LIBERDADE DE EXPRESSÃO. É MUITO MAIS …

  3. linda

    OBAAAAA. ESTE ANO BAIA DAS GATAS NÃO VAI ESTAR CHEIO DE GENTE? BOM PARA NOÍS OS TRABALHADORES

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.