Puzzly transforma selfies em puzzles com mensagens escondidas

22/04/2015 12:22 - Modificado em 22/04/2015 12:22
| Comentários fechados em Puzzly transforma selfies em puzzles com mensagens escondidas

puzzly1App criada por empresa açoriana quer tornar asselfies uma experiência didáctica mas também viral.

As selfies são uma rotina diária de muitos, principalmente dos jovens que as tiram para partilhar nas redes sociais. E porque não tirar partido disso e dar um desfecho diferente à experiência? A Tetrapi, uma empresa açoriana dedicada à formação de jovens e organização de eventos com objectivos didácticos, aproveitou a deixa e criou uma aplicação móvel (app) e rede social que “baralha” a selfie e a envia com mensagens escondidas para os amigos descobrirem.

A app, gratuita e para já apenas disponível para dispositivos com iOS, na Apple Store, conta actualmente com 400 utilizadores. É um dos primeiros projectos da empresa de Ponta Delgada, que, segundo Milton Moura, engenheiro de software na Tetrapi, “está a dar os primeiros passos na concepção e desenvolvimento de produtos digitais”.

A ideia é simples. A fotografia é tirada e, antes de ser partilhada, é “baralhada” e criada uma imagem em formato de puzzle. À imagem podem associar-se mensagens, que apenas ficam visíveis quando o puzzle é resolvido pelo amigo ou amigos e a fotografia fica com a configuração de quando foi tirada.

Além deste desafio, a app pretende criar uma competição entre amigos para ver quem resolve o puzzle de forma mais rápida e em menos passos. A cada fotografia fica associada uma espécie de ranking que lista os mais ágeis.

A Puzzly utiliza o Facebook para criar a conta a associar à app, importando de forma automática os amigos na rede social para que as partilhas possam ser feitas. As fotografias puzzle também podem ser partilhadas via Messenger.

A ideia de criar a Puzzly surgiu com a popularidade das selfies e das redes sociais junto dos jovens. “A curiosidade em relação ao conteúdo da imagem e a componente lúdica da resolução do puzzle pareceram-nos um conceito interessante e a partir daí desenvolvemos a aplicação”, explica Milton Moura, que considera que a “junção dos conceitos de rede social, selfies e puzzles, todos eles populares, tem potencial para se tornar viral”.

A Tetrapi está agora a desenvolver formas de facilitar a resolução dos puzzles e aceder às mensagens escondidas e de recompensar quem resolve os puzzles na totalidade. A empresa está ainda a trabalhar para criar uma versão da apppara Android.

 

publico.pt

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.