5ª Edição da Tenda Electrónica

22/04/2015 07:59 - Modificado em 22/04/2015 13:07

laginhaA Praia da Laginha recebe a 5ª edição da Tenda Electrónica. Evento que, como caracteriza a organização, já se está a traduzir numa marca cultural e de diversão da ilha de São Vicente”. Ou seja, já não é novidade e já está a ganhar o seu espaço no panorama do divertimento. 

A expectativa da organização para esta edição é que as pessoas possam “continuar a aderir e que seja um bom momento de música e de diversão e que possam continuar a pautar pelo civismo”. Como novidade para esta edição, vai haver um piso de madeira. As pessoas, em vez de se divertirem na areia, o que já acontecia desde a primeira edição, vão ter a possibilidade de “dançar e saltar” numa textura de madeira sobre a qual a tenda vai ser edificada.

“Para esta edição, Loony Johnson é o convidado especial, e promete apresentar ao público um show inesquecível.  O conceituado músico cabo-verdiano vai abrilhantar o público com os seus êxitos, inclusive a música “Terra Sabe”. Vencedora do prémio de Melhor Música Urbana de Cabo Verde, “Terra Sabe” titulada de “Tchero Maleta” é uma referência musical no meio social dos cabo-verdianos. De acrescentar que Loony Johnson vai apresentar outros temas do seu repertório como Volta, Bo é dod n mim, Undi da ki panha, sublinha a organização.

A 5ª Edição da Tenda Electrónica Laginha vai contar ainda com a presença do artista Tó Semedo, Djs: Paulão, Piduka Neves, Didá, Wills& K Santos, MC Kré, ambos da Ilha de São Vicente, Bocas da Ilha do Sal e, da Ilha de São Nicolau chega Caju Roque. O evento acontece na próxima sexta feira, 24, no areal da Laginha.

  1. Tony Fortes

    Semana que vem espero que a malta jovem compareça na manifestação cívica organizada pela UNTCS para a melhoria de vida, reposição do poder de compra, mais emprego para jovens .. isto no dia 1º Maio

  2. no one

    câmara de são vicente ou seja la quem for rebenta que com a nossa lajinha somente pa fca te fazê eventos com fins lucrativos isso ja fca clor pa tut qem quiser oia mas como nos povo de sv qe tem gost ou temp pa pensa ne problema des ilha mais um agressao ha beleza des nos ilha foi cometid sem se povo lavanta voz contra isso sera qe camara ou governo tem direito de faze qualquer tipo de aberração arquitectónica somente pa mete dnher na bolso de alguns POVO DE SV CORDAANTES QE SEJA TARDE DMAS

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.