Ban Ki moon pede solidariedade da UE com países envolvidos

21/04/2015 07:52 - Modificado em 21/04/2015 07:52

naufragosO secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, exortou, esta segunda-feira, a União Europeia a apoiar os esforços dos países mais expostos à imigração e que estão envolvidos nas operações de socorro no Mediterrâneo. “O Mediterrâneo transforma-se rapidamente num mar de sofrimento para milhares de imigrantes”, afirmou Ban Ki-moon na abertura de uma reunião na ONU para preparar uma cimeira humanitária prevista para a Turquia no próximo ano.

Lembrando que a Itália, a Grécia e Malta “suportam o mais pesado fardo” nas operações de socorro e acolhimento, pediu à União Europeia para que “demonstre a sua solidariedade e intensifique o seu apoio” a esses países. Tal inclui, disse, “reforçar a capacidade de salvamento no Mediterrâneo e noutros locais” mas também tomar medidas contra “os criminosos que exploram os mais vulneráveis”, afirmou, referindo-se aos traficantes. A morte de centenas de imigrantes ao largo da Líbia é “um escândalo para a consciência humana””, disse também Ban Ki-moon, acrescentando que os naufrágios ocorridos no ano passado fizeram duas vezes mais vítimas do que o naufrágio do Titanic. A União Europeia marcou para quinta-feira, em Bruxelas, um Conselho Europeu extraordinário sobre o drama dos imigrantes no Mediterrâneo, na sequência das últimas tragédias ao largo das costas da Líbia. “A situação no Mediterrâneo é dramática. Não pode continuar assim. Não podemos aceitar que centenas de pessoas morram ao tentar atravessar o mar rumo à Europa.

É por isso que decidi convocar um Conselho Europeu extraordinário para esta quinta-feira”, anunciou o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk.

cm.pt

  1. Eduardo Oliveira

    Ban Ki Moon deve pedir ajuda aos paises do GOLFO que armam os terroristas responsàveis pela desordem, pela morte de milhares de passoas e de centenas de milhares de deslocados.
    Solidariedade, sim, mas de todos para contribuirem eficazmente para a tão desejada PAZ

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.