Sondagem : Mindelenses divididos quanto a vinda de grupos estrangeiros para o fim de ano

17/04/2015 07:35 - Modificado em 17/04/2015 07:44

rua lisboaDe acordo  com  sondagem que temos vindo a citar  os mindelenses estão divididos quanto a posição da CMSV  de trazer grupos  estrangeiros para actuarem na rua de Lisboa. Os que querem ficam a frente com 47,2% e os que não querem  atingem os 42,7%. 10, 1 % não respondeu ou não tem opinião formada.

Os números deste estudo acabam por reflectir a divisão que existe no público mindelense quanto a este assunto que tem gerado tanta polémica .

Mas quando se pediu  aos inquiridos   para indicarem  o nome de um grupo que gostariam que viesse actuar na Rua de Lisboa na próxima passagem de ano  foi esta a resposta:

Quanto aos grupos que os inquiridos gostariam que a CMSV trouxesse para passagem de ano na Rua de Lisboa é quase cada cabeça sua sentença. Mas os grupos de musicais brasileiros têm a  preferência  com a Banda Calypso á frente com  8,1 % .Embora 6,1 % prefere os grupos nacionais.

Ficha Técnica

O universo é constituído por indivíduos com idade superior ou igual a 18 anos, residentes e recenseados no Concelho de S. Vicente   Foram realizadas 432 entrevistas A margem de erro do estudo é de 2,5 % A recolha das entrevistas foi realizada nos dias  9,10  , 11 de Janeiro  de 2015.

  1. Fernando Fortes

    Também acho algo descabido.Se nós apostamos tanto na cultura como se quer fazer as pessoas crer,não há razões,para,num quadro de carestia,onde a Câmara carrega nos bolsos do cidadão no IUP-apesar do blá blá do Sr.Presidente que é a lei-,onde o Presidente da Câmara corta apoios as crianças-verdade pura- ele venha a gastar milhares com vinda de grupos estrangeiros,para a folia do fim do ano..
    Bem que dizia Cochim, dinheiro da Câmara é para estradas,esgotos, apoios ao mais carenciados, etc….

  2. Nita Fotres

    As festividades do Fim do Ano devem ser tradicionais e, por isso, respeitadas. Em vez de conjuntos estrangeiros devem promover antes conjuntos de nacionais da Diàspora.
    Outras ocasiões podem aparecer e ser aproveitadas para encontros com estrangeiros

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.