Barulho diminuiu na cidade do Mindelo

17/04/2015 07:28 - Modificado em 17/04/2015 08:45

mindeloO NN foi ver como está   a ser o cumprimento da lei que estabelece o regime de prevenção e controlo da poluição sonora, conhecida como lei do barulho  que  entrou em vigor em Agosto de 2013.

O grupo  Movimento Contra o Barulho  na cidade do Mindelo  diz que se verificou  uma diminuição  das queixas em relação aos ruídos noturnos. Mas liga  essa diminuição justifique a denúncia pública feita contra a Câmara Municipal do Mindelo, no sentido de chamar atenção das autoridades pelo barulho excessivo em diversos pontos da ilha. Antónia Mosso, líder do movimento contra poluição sonora, defende que depois da queixa feita contra a Câmara Municipal de São Vicente,notou-se uma melhoria no que diz respeito a queixas por parte dos cidadãos em casos de barulho noturno.O que significa que as autoridades têm trabalhado nesse sentido. Mas por outro lado Mosso enfatiza  que a Câmara ainda não tomou medidas contra os animais que andam a noite pela cidade perturbando os moradores. Um outro factor que precisa ser analisado. Orlando Évora,  comandante da BIC /BAC defende que desde a entrada em vigor da lei, já foram tomadas algumas medidas nos casos de infrações detectados. Acrecenta ainda que as queixas diminuíram.Isto porque houve festas em residências, ao ar livre, cervejadas em escolas, entre outros que tiveram de ser encerrados depois da meia-noite, por causa do elevado nível de propagação sonora.

Por sua vez os moradores da zona Fernando Pó, dizem sentir-se limitados no que toca ao término das actividades realizadas. Adriano Morais representante dos mesmos está revoltado com a forma que as medidas têm sido aplicadas

A poluição sonora é um fenómeno que tem sido um motivo de perturbação para a população da ilha. A Câmara Municipal tem vindo a trabalhar juntamente com a Polícia Nacional, no sentido de controlar o ruído excessivo. E nesse sentido  tem emitido licenças “de acordo com aquilo que a lei prevê”

 E essa coordenação da PN que compete fazer cumprir a lei  e a CMSV que deve emitir as licenças  de acordo com que esta na lei , parece estar a contribuir  para a diminuição  do barulho na cidade do Mindelo.

  1. Vocês querem privar tudo, Agora até cães não podem andar na rua à noite?
    Agora pergunto porquê? Que mal fizeram eles, também são seres vivos.

  2. ilima

    isso é o que dizem, porque eu mesmo tenho sido vitima desse barulho noturno e a polícia ainda quase que dá razão ao infeliz do dono do estabelecimento (mercearia), só para verem como é que as coisas realmente têm andado. claro que com o não fazer nada uma pessoa quase que é obrigada a parar de telefonar à polícia que em muitas vezes nos atende com maus modos, infelizmente.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.