Desaparecimento de Lutcha: Moisés ataca boato que se repete dois anos depois

16/04/2015 07:56 - Modificado em 16/04/2015 07:56
| Comentários fechados em Desaparecimento de Lutcha: Moisés ataca boato que se repete dois anos depois

Maria de Lourdes_Lutcha_a mulher desaparecidaMoisés dos Santos, marido de Maria de Lourdes, conhecida por Lutcha, desaparecida desde 2013, reagiu aos rumores  que o acusam de estar envolvido na morte da esposa.

Pela cidade do Mindelo circulam vários “boatos” sobre o desaparecimento de Maria de Lourdes, desaparecida em 2013. Vozes anónimas que citavam sempre outras pessoas , no  clássico “ diz que diz “ diziam  que  Moisés dos Santos, marido de Lutcha, de estava  envolvido no desaparecimento da esposa. E mais grave : afirmavam que  Moisés tinha  morto a esposa e enterrado o corpo  dentro do quintal da sua residência e que  tinha  o mesmo confessado o crime.  Este online sabe e Moisés confirmou que na altura do desaparecimento da sua mulher   a PJ , com base em denúncias anónimas ,chegou a fazer escavações no quintal da casa de Moisés ,mas  nada foi encontrado. Um inspector da PJ ligado a investigação  disse ao NN “ que não entende como o mesmo boato surge dois anos depois “. Confirmou que desta vez não foram feitas nenhumas escavações no quintal … porque já tinham sido feitas

A dimensão e a gravidade dos rumores obrigaram Moisés dos Santos a procurar a comunicação social para tentar desfazer esse boato  que, segundo o mesmo, é bastante constrangedora e maléfica para os seus filhos menores. O esposo de Maria de Lourdes nega qualquer envolvimento no desaparecimento da mulher e afirma que tudo não passa de uma difamação de pessoas que o querem ver mal, mas diz estar sereno e com a consciência tranquila. Moisés apela à população para não acreditar nas afirmações maldosas e sem credibilidade, para não aceitar os “boatos” e ser nobre.

O mesmo diz estar incomodado com as consequências dos “boatos” sobre a vida dos filhos menores que se encontram sob a sua inteira responsabilidade, sem qualquer apoio, uma vez que podem ser alvo dos colegas e de outras pessoas. O entrevistado considera preocupante a difamação e diz que a sociedade deve reverter a situação uma vez que não tem qualquer envolvimento e, se fosse verdade o contrário, não estaria em liberdade. Depois de dois anos, os familiares de Maria de Lourdes ainda mantêm viva a esperança de a encontrarem.

Maria de Lourdes, de 40 anos, conhecida por “Lutcha”, continua desaparecida sem deixar rastos desde o dia 16 Dezembro de 2013. A mulher sofria de problemas de depressão, saiu de casa para ir ao salão e nunca mais foi vista.

Volvidos dois anos após o desaparecimento, as autoridades criminais não dispõem de qualquer informação sobre o paradeiro de Lutcha.

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.