Jackson acusado de pagar 185 milhões para silenciar vítimas

13/04/2015 08:36 - Modificado em 13/04/2015 08:36
| Comentários fechados em Jackson acusado de pagar 185 milhões para silenciar vítimas

JacksonDuas alegadas vítimas de abusos sexuais pelo “rei da pop” afirmam que o cantor silenciou cerca de 20 crianças com dinheiro.

Seis anos depois de morrer, na sequência de uma paragem cardíaca que levou à condenação do seu médico, o nome de Michael Jackson vê-se novamente envolvido em suspeitas de pedofilia. Segundo divulgou ontem o jornal New York Post, os advogados do coreógrafo Wade Robson, de 32 anos, e do ator James Safechuck, de 36 anos, que acusam o “rei da pop” de abusos sexuais, afirmam ter “novas provas” que indicam que o cantor terá pago 185 milhões de euros para silenciar cerca de 20 crianças que terão sido alegadamente abusadas, bem como aos seus familiares.

Hoje, o tribunal de Los Angeles vai pronunciar-se sobre as acusações de Robson e Safeshuck e decidir se lhes dá ou não razão, sendo que um dos principais obstáculos das duas alegadas vítimas é o terem apresentado queixa contra o cantor já depois da sua morte, em 2009.

O advogado de James Safechuck, que conheceu o artista norte-americano com oito anos, quando os dois gravaram um anúncio publicitário para a Pepsi, afirma que terá sido abusado por Jackson mais de cem vezes, adianta o mesmo jornal. O mesmo revela que o cantor terá oferecido ao pai do ator um cheque de quase um milhão de euros.

dn.pt

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.