Andar de noite na rua é um pesadelo

13/04/2015 07:55 - Modificado em 13/04/2015 07:55

iluminação publicaMoradores de Fonte Francês, parte alta, na periferia da   cidade do Mindelo, pedem melhor iluminação pública, esgoto e calcetamento. Pedem mais postos de iluminação  para que possam andar na rua com mais tranquilidade e tentar diminuir os “caçubodys”.

 

Andar à noite, às escuras é um pesadelo para os moradores da zona de Fonte Francês, parte alta. Os moradores reclamam da fraca iluminação, da necessidade da água mais próxima das casas e do calcetamento de várias ruas.

Apesar dos moradores reconhecerem algumas melhorias na zona, os mesmos pedem que seja feito muito mais para a zona.

Os  residentes na zona mais alta de Fonte Francês, dizem que apenas uma parte da zona dispõe de calcetamento ou estradas. Olívia Medina, diz que se alguém ficar doente ou acontecer qualquer acidente na zona e caso for necessário accionar os Bombeiros ou a Polícia, as viaturas não conseguem atender os moradores porque não há estrada.

A falta de iluminação e de água mais próxima dos moradores é também uma das reclamações, pois o acesso à água só é possível se se percorrer uma longa distância e a um preço mais alto. Ana Carolina diz que tem um tanque na sua residência, mas que não o utiliza porque a zona não tem água canalizada e, por isso, é obrigada a carregar água na cabeça e de muito longe, porque não existe canalização de água.

A mesma diz que a zona necessita urgentemente do calcetamento e de iluminação para facilitar a vida dos moradores. Ana estuda à noite e diz viver momentos de pesadelo gerado pela insegurança das ruas pouco ou nada iluminadas. A entrevistada diz que nunca foi assaltada mas que já presenciou a muitos casos de assaltos acompanhados de agressão por causa das ruas pouco iluminadas.

Carlos avança que nas próximas eleições não irá votar porque os políticos e as autoridades competentes esqueceram-se da zona e não cumpriram com o que prometeram. Na minha rua há muitos jovens formados sem qualquer ocupação porque não há emprego. “Muitos já foram para a Cadeia movidos pela delinquência e por estarem desocupados, pois, aproveitaram do tempo livre para fazerem mal à sociedade”. O entrevistado diz que “os dirigentes do país são responsáveis por uma fatia do bolo da delinquência e insegurança do país”.

A insegurança e a indignação reinam no seio desses moradores que apelam às autoridades competentes para se apressarem na resolução dos problemas de iluminação, estrada, calcetamento, desemprego, água e esgoto.

  1. Jaqueline

    Fonte Frances em geral precisa de iluminação..atras de nha casa nton, de noite é scur scur, pois tcheu bandido te ba gatcha na quel rua pelo facto de la é totalmente escuro e sem fala que é um de ques rua sem calcetamente

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.