São Vicente: CMSV inicia obra para arrelvamento sintético do sexto campo da ilha

13/04/2015 07:39 - Modificado em 13/04/2015 07:39

11036667_956860197688244_8438986215610417022_nO Presidente da Câmara Municipal de S.Vicente, Augusto Neves lançou a 1.ª Pedra da obra de arrelvamento sintético e vedação do campo de futebol de Ribeira de Craquinha.

De acordo com o Vereador do Planeamento Territorial e Obras Municipais, Rodrigo Martins, dentro de 45 dias, o castanho do actual piso de terra batida do campo da Ribeira de Craquinha será coberto do verde da relva sintética. Também serão  construídos  balneários, bancadas e vedação. A obra será executada pela empresa Armando Cunha.

O autarca Mindelense, Augusto Neves, disse que a Câmara está ciente de que o futebol é uma modalidade que traz muitos benefícios, principalmente a camada jovem, sem contar com os craques que poderão despontar no futebol e melhorar o seu futuro, das suas famílias e elevar o nome de Cabo Verde e de São .Vicente. Além da relva sintética e das vedações, o campo contará também com uma bancada e com balneários para os jogadores e o público.”

Relembra ainda que em S.Vicente os campos eram todos de terra batida, e dado ao grande esforço da Câmara, das associações e dos praticantes, a ilha vai ter sete campos relvados (Adérito Sena, Alcindo Nascimento, Monte Sossego, Bela Vista, Chã de Alecrim, Ribeira de Craquinha e Madeiralzinho).

Augusto Neve afirmou ainda que nos próximos dias, a Câmara irá lançar a obra do campo do Madeiralzinho, anunciando que a câmara de São Vicente está em negociações com um privado para adquirir um terreno na zona da Ribeirinha para edificação de mais um campo relvado.

O objectivo, segundo Neves é melhorar as condições para a prática de futebol,  incentivar a criação de escolas de futebol e surgimento de novas equipas de futebol, ocupar os tempos livres dos jovens, promover os valores sociais e boa convivência e melhorar a competitividade e nível dos atletas locais.

A obra está orçada em 27.033.878$00 ECV e terá um prazo máximo de execução de três meses.

 

  1. Já lá vão meses quase ano que a Camara Municipal continua negociando com o privado para construção de um campo relvado em Ribeirinha, e os jovens impacientes perguntam e para quando esse fim de negociação.

  2. Carlos Silva - Ralao

    Parabens para mais um campo de futebol a ser relvado aqui em S. Vicente, mas e’ preciso olhar agora para os desportos de salao que tantas alegrias tem dado a nossa ilha. O polidesportivo de Oeiras foi praticamente abandonado pela Camara Municipal e nao conseguiremos sediar torneios internacionais de voleibol, andebol e basketball com este recinto desportivo, e assim sendo, S. Vicente continuara a perder no desenvolvimento destas modalidades. Fica aqui uma alerta para quem de direito…

  3. saiko

    nesse campo que saiu o nosso jogador da seleçao nacional nuno rocha

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.