Acidente de viação com um morto e três feridos: ainda não foram apuradas as causas

13/04/2015 07:15 - Modificado em 14/04/2015 08:41

jóOs familiares e amigos prestaram na manhã deste domingo a ultima homenagem ao jovem Josias Rodrigues de 30 anos de idade, que morreu na madrugada do passado sábado na sequência de um acidente de viação na ilha de Santo Antão. Josias  residia em São Vicente, no Madeiralzinho. As causas do acidente ainda não foram apuradas.

Ainda não foram apuradas as causas do acidente que aconteceu na madrugada de sábado em Ribeira Grande, Santo Antão provocando a morte  do jovem que conduzia a viatura e  ferimentos graves nos acompanhantes. A viatura despistou-se e caiu numa  ribeira ficando completamente destruída. Os acidentados continuam hospitalizados no Hospital João Morais.

A zona de Madeiralzinho acordou desolada com a notícia da morte Josias, conhecido por Jó, funcionário da Reprotec. Josias perdeu a vida num  acidente quando regressava da zona do Tarrafal na companhia de três amigos. Os dois outros ocupantes também sofreram ferimentos, um deles está  em estado grave.

O corpo do jovem foi recebido pelos amigos e familiares com muita consternação. A multidão, formada sobretudo por jovens quiseram acompanhar o cortejo fúnebre.

Na manhã deste domingos, centenas de amigos quiseram levar o amigo a sua última morada. A consternação pela morte do amigo deixou a zona e os amigos de Josias em estado de choque. Foram centenas de pessoas, amigos e familiares e curiosos que se dirigiram hoje ao Cemitério para prestarem a última homenagem ao jovem Josias Rodrigues que faleceu com apenas 30 anos.

Andy amigo da vítima não tem palavras para explicar a ausência brusca do amigo, apenas apelam prudência na estrada.

 O mesmo deseja breve recuperação as outras vitima; Odair Monteiro, de 33 anos, que segundo informações encontra-se em estado muito grave e Ivan Santos, de 25 anos, e Paulo Santos, de 32 anos, estão estáveis mas continuam em observação.

Josias que conduzia a viatura, não conseguiu sair do carro onde ficou preso, foi retirado pelos Bombeiros, mas não resistiu aos ferimentos e acabou por falecer sem dar entrada no hospital.

corrigido às 14 h 26 m

  1. Paulo-O JORNALISTA

    Oh Paulo, bo devia larga polpa das cadeiras do Vivo e pensa em ser jornalista. Bo tem mania k sabes tudo dessa profissão, mas aconselho-te a fazer uma pesquisa visto que tens tempo pq na Vivo não deves trabalhar, mas sim trabalhas na tua empresa de pé de galice, pesquisa um pouco sobre os estatutos dos jornalistas, imparcialidade no jornalismo e devias considerar em tirar o curso de jornalismo, em vez de aramares em jornalista de boca de rua…

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.