Mandy: o pai que virou mãe e pai quando a mulher lhe deixou com três filhos

10/04/2015 07:54 - Modificado em 10/04/2015 07:54

colar3filhosAmândio Teixeira Ramos de 44 anos, é pedreiro há mais de 25 anos. Criou os seus três filhos sem a ajuda da mãe e diz-se orgulhoso deles. Mandy como é chamado, é considerado  um exemplo de pai responsável e que assumiu a sua paternidade. O caso é raro em Cabo Verde, pois veio mostrar a diferença e provar que os pais também podem criar e assumir os filhos da mesma forma que as mães. E o melhor  elogio que podia receber vem da filha “ o meu pai nunca me  deixou sentir a ausência da minha  mãe”

O pai enfrenta diariamente o desafio de educar os filhos sem a presença materna. É frequente em Cabo Verde, as mães assumirem também a responsabilidade paternal, uma vez que os pais abandonam os filhos sob a responsabilidade exclusiva das mães. O NN foi descobrir um caso de excepção de um pai que criou os seus três filhos sem a presença da mãe.

Amândio conta que a mãe dos seus três filhos viajou para França quando o último filho tinha apenas 2 anos e meio . Deixou de manter contacto com a família e nunca mais ouviu falar dela.

Assim, Mandy viu que deveria assumir o comando e criar os filhos “como mandam as leis de Deus”.. Mandy diz que a primeira decisão que tomou  depois de ter sido abandonado pela mãe dos seus filhos foi deixar de fumar e de beber.

Foi uma tarefa difícil ajustar a sua rotina de trabalho, cuidar dos filhos e realizar as tarefas da casa. Com amor aos filhos e com força de vontade, Mandy conseguiu. O pedreiro de 44 anos diz que trabalha de  “sol a sol “ para poder sustentar os filhos e dar o melhor que tem. Amândio é pedreiro e sai de casa às 7 horas da manhã para trabalhar mas, antes de sair, prepara o pequeno-almoço para os filhos e prepara-os para irem para a escola.

Em casa fica apenas a filha mais velha de 15 anos. Instruída pelo pai, esta prepara o almoço para quando o pai e os irmãos regressarem a casa.

Aos sábados, Amândio faz a limpeza da casa e coloca as roupas na máquina de lavar. “Fui e continuo a ser pai e mãe em todos os momentos”. Amândio diz que faz todas as tarefas da casa. Sem mulher em casa, Mandy  prepara as refeições para os filhos, lava as roupas, prepara os filhos para a escola, passeia com os filhos.

Disse ao NN que não se sente cansado porque faz tudo por amor. O mesmo realça que agora que os filhos são mais crescidos conta com a ajuda deles nalgumas tarefas domésticas.

Dos três filhos, Josina é a mais velha e conta com orgulho que o seu pai é um homem vitorioso. “Eu tenho orgulho do meu pai, ele soube educar os seus filhos, é carinhoso e é um pai presente, companheiro de todos os momentos. Com ele, aprendi a respeitar as pessoas, a cozinhar e a ser responsável”.

Questionada se não sente falta da mãe, a mesma diz que o pai não lhe deixa sentir a ausência da mãe.

Ser pai e mãe não é uma tarefa fácil, enfrentar a paternidade sem a figura materna, é um desafio ainda maior numa sociedade onde os homens não estão habituados às tarefas domésticas.

Amândio diz enfrentar várias dificuldades, mas nunca pensou em abandonar os seus rebentos. O pedreiro tem de trabalhar muito para arcar com as despesas da família que ainda não dispõe de casa própria.

  1. Pedro Silva

    É assim: Na vida há, indiscriminadamente, pessoas desnaturadas, sejam elas mulheres, homens, brancos, pretos, religiosos ou não; Mas como esse pai comportou é coisa mais natural, o bicho defende sempre a sua raça; Hão de ver que ele é abençoado e não lhe há de faltar pão, abrigo, saúde, amor e boa vontade como se explicou; O amor e dedicação que cativou dos filhos é a recompensa também natural; Irmão, digo-te hoje e sempre :És um exemplo à seguir

  2. atente

    PARABENS!!!!!!!!!!!!!!! ES RECOMPENSADO TUDOS OS DIAS PELO AMOR DOS TEUS FILHOS E A MAIS A VIR.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.