Presentes personalizados: a marca da Páscoa 2015

6/04/2015 08:20 - Modificado em 6/04/2015 08:20
| Comentários fechados em Presentes personalizados: a marca da Páscoa 2015

11083899_1021372827892301_5660415924659618000_nA Páscoa 2015 é caracterizada pela oferta de presentes personalizados. As entrevistadas optaram por oferecer um “miminho” único às crianças em detrimento dos ovos de chocolate da Páscoa que consideram terem atingido um preço exagerado para os bolsos dos são-vicentinos.

Páscoa, a festividade religiosa que celebra a ressurreição de Jesus ocorrida três dias depois da Sua crucificação, é considerada uma festa da família, mas com maior atenção para as crianças. Estas recebem presentes para comemorarem a data e está sempre associada à oferta de chocolates, doces e do tradicional coelhinho da Páscoa. Porém, devido aos preços dos ovos de chocolate que rondam os 1000 – 1500 escudos, as entrevistadas adaptaram a tradição aos próprios bolsos e ofereceram aos mais pequeninos lembranças personalizadas da Páscoa. Estas não fogem do tradicional coelho nem dos doces de chocolate, só que são feitas a um preço acessível e são criativas e servem para presentear uma criança, acrescenta Cristina Lopes.

11050773_10203872719394600_1289929435215207601_nSamira Gonçalves refere que “optei pelos presentes personalizados porque são bonitos, têm um preço jeitoso que condiz com a Páscoa e, assim, posso oferecer aos meus filhos e sobrinhos, ou seja, já posso aumentar a minha lista de crianças”. Luísa Alexandra refere que para além do preço ajustar-se ao seu bolso, também considera uma iniciativa empreendedora que faz com que a Páscoa seja de todos. Das entrevistadas, o preço foi o principal motivo das próprias escolhas, mas também acrescentam o facto de ser inovador oferecer presentes individualizados.

Lena Rosa ainda critica o valor dos ovos da Páscoa comercializados em São Vicente: “considero um exagero e ainda bem que surgiu esta oportunidade, mas também relembro que a iniciativa é para continuar e com a marca registada dos preços acessíveis”. Luana refere que “o meu filho está muito feliz com os presentes da Páscoa e não questionou pelos ditos ovos grandes de chocolate”. Ainda assegura que cabe à família a responsabilidade de desmistificar que a Páscoa, para as crianças, significa receber doces “caros”, mas apenas uma lembrança para comemorar a data.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.