População de São Nicolau reage

2/04/2015 08:03 - Modificado em 2/04/2015 08:03

são nicolauA população da ilha de Chiquinho não manifestou publicamente mas, de forma individual, os populares reagiram contra a aprovação do Novo Estatuto de Cargos Políticos. Consideram como descabida e inoportuna a aprovação do estatuto que, “beneficia apenas as próprias contas bancárias”.

Embora a população da ilha de São Nicolau não se tenha manifestado publicamente contra o Novo Estatuto de Cargos Políticos, os entrevistados por este online dizem-se indignados com a aprovação do estatuto e consideram “de descabido e inoportuno”.

José Soares, empresário de 42 anos, diz que começou a trabalhar aos 16 anos e até agora nunca teve quaisquer regalias, apesar de descontar mensalmente montantes para os impostos. Para Soares, “a vida dos sãonicolauenses não é nada fácil, existe um grande número de jovens no desemprego, muitas pessoas vivem no limiar da pobreza e sem esperanças de viverem dias melhores.

No entanto, “os políticos entendem que o poder lhes dá o direito de fazerem o que bem entenderem com a sociedade”. Para o entrevistado, a aprovação do estatuto é “um autêntico descaramento que só serve para rechear as contas bancárias e deixar morrer à míngua o povo que os colocou no poder”.

Quanto a Maria José, licenciada em Direito, não acredita que o povo vai ser atendido, “uma vez que os políticos não estão aí para o povo mas sim pelo bem dos seus bolsos. Uma vez aprovado, não acredito que seja alterada qualquer cláusula, porque ladrão que é ladrão não deixa de roubar, sobretudo quando tem ao seu alcance todas as condições para o fazer. Se não for de uma maneira será de outra”.

“Eu só não manifestei porque não tive conhecimento de nenhum grupo cívico a manifestar publicamente, mas não deixarei de me unir ao povo cabo-verdiano para lutar contra o maior descaramento de todos os tempos por parte dos políticos”, adianta Euclides de Pina.

Para o entrevistado, “os políticos devem cair na real porque Cabo Verde não é um país de regalias mas sim de homens e de mulheres que se esforçam de sol a sol para conseguirem o pão de cada dia. Por isso, apelamos ao veto, caso contrário, o povo vai para a luta até às últimas consequências”.

O povo cabo-verdiano está unido em todo o país, a população manifestou a sua indignação contra a aprovação do Novo Estatuto dos Cargos Políticos.

Em São Vicente, Sal e Santiago, o Movimento para Acção Cívica, MAC# 114 mobilizou centenas de pessoas nas ruas para manifestarem contra o estatuto considerado de “Vergonha”, “caçubody no Parlamento” e apelaram ao veto do presidente da República Jorge Carlos Fonseca.

  1. carla soares

    na ilha do ”chiquinho” não se manifestaram, mas ” chiquinho” e ”Sao nicolau” e logo e Tarrafal e se bzot que sabe la tem imagens, pessoas, pessoas essas que sairam nas ruas de Tarrafal manifestando mostrando pa tud gente sis descontentamente sobre estatuto…. pronto falei

  2. carla soares

    na ilha do ” Chiquinho ” nao, mas no Tarrafal sim

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.