Com 53 anos quer ingressar numa universidade

31/03/2015 08:10 - Modificado em 31/03/2015 08:10

costureira11Maria da Conceição de 53 anos foi abandonada pelo marido com 3 filhos para criar. Maria diz que foi difícil mas considera que venceu os obstáculos e agora, sente-se uma mulher feliz e orgulhosa.

 

Maria da Conceição é mais uma das mulheres com espírito de luta, sacrifício e com vontade de vencer na vida. Mãe de três filhos menores, diz ter sido abandonada pelo pai dos seus filhos.

Os filhos, agora maiores de idade, dizem ter orgulho na mãe que têm. São, como é conhecida na zona de Ribeira de Craquinha, é costureira há mais de 20 anos e nunca quis fazer outra coisa senão cozer, uma paixão que herdou da tia.

São, assumiu o comando do seu lar após ter sido abandonada pelo companheiro. A mulher que se revelou vitoriosa diz que criou os seus filhos, deu-lhes educação com o trabalho de costura. Foram momentos de desilusões, mas São diz nunca ter desistido dos seus filhos.

Hoje os filhos de São dizem-se orgulhosos da mãe. Andreia é a filha mais nova e diz que a sua mãe é um exemplo e que tem orgulho da sua mãe, a principal referência do seu lar.

Maria, não se deixou levar pelo desemprego, labutou e conseguiu ser uma mulher independente.

Concluiu o 12º ano em 2013 e, agora com 53 anos, tenciona ingressar numa universidade para fazer o curso de Gestão de Empresas. Conforme conta, ainda não teve a oportunidade de continuar os estudos porque não tem condições financeiras. A falta de meios financeiros não são uma barreira para esta mulher de fibra que firmemente diz que um dia vai realizar o seu sonho.

Cassandra, filha mais velha de São, encontra-se no último ano do curso de Direito e diz que, logo que conseguir um emprego será ela a ajudar a mãe a realizar o seu sonho de conseguir fazer o curso de Gestão de Empresas.

A entrevistada diz que se sente vitoriosa e orgulhosa por tudo o que conquistou até agora e avança que as mulheres devem lutar pela própria independência mesmo que lhes custe um pouco da sua liberdade.

A mesma confessa que ultimamente o negócio de costura não tem andado muito bem mas que acredita em dias melhores.

  1. Djê Guebara

    Coragem São nunca desistes do teu sonho e tratas de emcontrar o caminho que te levas a emcontra-la porque uma cabeça cheia de medos não tem lugar para os sonhos, um grande sonhador nunca se da por vencido.

  2. roxana aguilera cald

    eso es ser feliz , que um mae sienta q sirve de ejemplo para sus hijos,,y que haya conseguido pasar ese espiritu de gente de bem ,es tener el deber cumplido ,es la felicidad .,,53 anos no limita el saber como tampoco el saber ven con diploma.,o importante es q este aberta ao conhecimento assim pode continuar a ayudar fora del marco familiar tambem,

  3. Joao Isidoro

    Força, ha quem entrou numa universidade com mais de 65 anos.

  4. antonio medina

    NUNCA EH TARDE PARA ESTUDAR E AMPLIAR O CONHECIMENTO.

    Maria da Conceicao merece que se lhe tire o chapeu pelos sacrificios jah feitos, pela responsabilidade que assumiu com os seus filhos de nunca os abandonar. Quer ser Gestora de Empresas e pouco ou nada tem para ultimar este seu sonho, Sr. Ministro da Educacao por favor ajude a Maria dando-lhe a oportunidade de continuar seus estudos na Universidade ateh mesmo oferecendo-lhe uma escolaridade gratuita com isencao de propinas.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.