SIMETEC quer apoiar familiares dos náufragos do Navio Vicente

26/03/2015 08:06 - Modificado em 26/03/2015 08:06
| Comentários fechados em SIMETEC quer apoiar familiares dos náufragos do Navio Vicente

vicenteO SIMETEC assinou no dia 11 de Março um protocolo com o Ministério da Juventude e o Ministério das Infra-estruturas para apoiar familiares dos náufragos do Navio Vicente.

Na sequência do naufrágio do Navio Vicente a 8 de Janeiro deste ano com 26 pessoas a bordo, várias famílias ficaram desamparadas e sem qualquer apoio. O SIMETEC, o Sindicato Metalomecânica, Turismo e Comunicação, assinou no passado dia 11 de Março, um protocolo entre o Ministério da Juventude e o Ministério das Infra-estruturas.

De acordo com o presidente do SIMETEC, Tomás Delgado, a assinatura do protocolo é uma forma de prestar solidariedade social aos familiares dos náufragos e tem como objectivo apoiar os familiares, ajudá-los a conhecerem e a exercerem os seus direitos e ainda a apoiá-los de forma psicológica.

A parceria estabelecida entre o Ministério da Juventude, o Ministério das Infra-estruturas e o SIMETEC, engloba apoios administrativos, jurídicos e sociais. Portanto, os custos das contratações de técnicos serão financiados pelos referidos ministérios.

O presidente do SIMETEC considera que é necessário acompanhar os familiares e as vítimas que sobreviveram uma vez que também eles ficaram desempregados e sem nenhum apoio por parte das autoridades responsáveis, pelo que carecem de assistência administrativa e jurídica para conhecerem os seus direitos. Uma outra preocupação é o reconhecimento da união de facto das famílias, uma vez que não eram casados, por isso, não reconhecidos.

De acordo com o responsável, deve ser declarada a morte das pessoas desaparecidas para se poderem exigir os direitos dos familiares através de uma acção junto do Tribunal de São Vicente.

O mesmo entende que é importante para o Governo e outras autoridades do país a realização de uma caracterização socioeconómica dessas famílias, para se conhecerem as necessidades de cada família e o tipo de apoio que deve ser prestado.

Esse compromisso também foi assinado pelo SIMETEC e os dois ministérios e já se encontra na fase final e está a ser realizado por duas técnicas sociais, com o fim de identificar os apoios que devem ser prestados.

O SIMETEC mostra-se solidário com as vítimas do naufrágio do Navio Vicente.
As causas do acidente do Navio Vicente ainda não foram apuradas mas as autoridades estão a trabalhar num relatório para averiguar as causas que levaram ao afundamento do Navio Vicente na ilha do Fogo, causando várias vítimas.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.