Dionísio dos Santos acusado da morte de Alcione da Luz

16/03/2015 02:13 - Modificado em 16/03/2015 02:13
| Comentários fechados em Dionísio dos Santos acusado da morte de Alcione da Luz

marteloO 2º Juiz Crime da Comarca de São Vicente vai proceder, nesta manhã, à leitura da sentença de Dionísio dos Santos  acusado  de  ter  assassinou à facada a sua ex-companheira Alcione da Luz.

Dionísio dos Santos irá conhecer ainda esta manhã a sentença relacionada com  a  acusação   de  assassinato da sua ex-companheira Alcione da Luz.

Dionísio pode arriscar uma pena de 15 a 25 anos de prisão e pode ser ainda enquadrado no crime de violência baseada no género, devido às frequentes agressões físicas e verbais contra a sua ex-companheira.

O caso ocorreu em Março do ano passado, duas semanas após terem terminado o relacionamento. A vítima resolveu abandonar a casa onde viviam juntos.

O arguido passou a perseguir a sua ex-companheira, Alcione da Luz. No dia da ocorrência, o acusado  procurou a vítima na sua residência, mas esta negou-se a sair para conversarem. Muito exaltado, insistindo em bater à porta e insultando outras pessoas, a vítima acabou por chamar a Polícia.

Ainda antes da Polícia ter chegado, a vitima foi esfaqueada nas costas, acabando por falecer minutos depois de ter dado entrada no Banco de Urgências do Hospital Baptista de Sousa. A vítima deixou três filhos, sendo os dois últimos do agressor.

O agressor  alega que no dia da ocorrência encontrava-se sob o efeito de bebidas alcoólicas e que não recorda os factos. Durante a audiência negou pronunciar-se sobre os factos, limitando-se ao silêncio quase total.

Segundo consta dos autos, o arguido assassinou a vítima movido por ciúmes, uma vez que esta queria terminar a relação que não andava bem.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.