Catana para o juiz: “sou uma pessoa ‘direita‘ mas se alguém me faz alguma coisa desconto de forma severa“

16/03/2015 02:08 - Modificado em 16/03/2015 02:08

zezinho catana1Perante a ausência de provas durante o julgamento de Zezinho Catana que o pudessem implicar na morte de Alice dos Reis e Maria Chandim ficou registado o esforço do juiz do 1º juízo do Tribunal de São Vicente em apurar a verdade. E neste sentido travou uma série de “diálogos “ com Zezinho Catana, que se calhar são insuficientes para o condenar, mas esclarecedores sobre o perfil de um homem condenado por matar, esquartejar e vender carne de um “amigo” que lhe deu abrigo na sua casa; violação de uma idosa de 92 anos.

Suspeito de matar e esquartejar uma mulher, suspeito de estrangular uma mulher que o acolheu na sua casa e do desaparecimento de um homem em Chã de Alecrim.  E que cumpriu uma pena de 17 anos de cadeia por esmagar a cabeça de um homem com uma pedra , apenas por causa de um blusão de ganga. Como não foi mostrado em Tribunal nenhum exame médico atestado qualquer transtorno psíquico do arguido, entende-se que o juiz interrogou uma pessoa “normal “. Será ?  E Catana portou-se como uma pessoa normal para quem fez o que ele fez. Muitas vezes disse ao magistrado “ senhor juiz, sou uma pessoa ‘ direita ‘  só que não fico com pancada de ninguém. Se alguém me faz alguma coisa eu desconto de forma severa”. E o que lhe fez António dos Anjos para o matar? Perguntou o juiz. – Foi o filho dele. Fui maltratado e quando sou agredido não me contenho e depois estava embriagado – respondeu Catana. Em outras ocasiões Catana vai revelar o perfil de uma pessoa vingativa. O juiz quis saber porque saiu de São Vicente e o arguido respondeu: – Saí de São Vicente porque me deram dois caçobody e comecei a ficar transtornado. E como disse a mim mesmo que nunca mais voltaria para a Cadeia, resolvi ir para a Praia para não descontar e fazer uma asneira “ – Então foi para a Praia para fugir de caçobody?-quis confirmar o juiz – Não. Foi para evitar problemas, como lhe disse “ senhor juiz, sou uma pessoa ‘ direita ‘  só que não fico com pancada de ninguém”. Em outras fases do julgamento o juiz ouviu Catana reafirmar esse perfil de “ uma pessoa vingativa “.

Em outras ocasiões o arguido revelou que quando está embriagado o seu desejo de vingança aumenta. “ É verdade, senhor juiz quando bebo ficou transtornado. Fico fora de controlo “. Isso acontece sempre ? “ sim, sou boa pessoa, mas quando bebo não tenho controlo “. O Juiz quis saber o que Maria Alice lhe fez para ele descontar “ já lhe disse, senhor juiz que não conhecia Maria Alice, não a matei. Foi a PJ que inventou essa história eu só confessei porque iam- me matar de pancada “- Mas, o senhor sabe ler? sim! – respondeu Catana! – Então não leu o seu depoimento antes de o assinar? – Estava com a vista turva, nem vi o que estava a ler. Assinei com medo de levar bancada.”

Respostas que mostram que o arguido sabia o que devia negar e o que devia assumir. E negou sempre que conhecia Alice Reis, mesmo perante os testemunhos de familiares e as insistentes perguntas do juiz que lhe lembrava amiúde: o senhor, não é obrigado a responder! Catana nunca se recusou a responder e manteve sempre uma “estranha coerência “ para uma pessoa normal . E pediu , sempre , para falar quando achou que tinha algo a … esclarecer.

  1. Martins M

    sem dúvida que infelizmente catana teve um bom advogado, pela forma como se comportou no tribunal. Levando em conta a frase ” Diz-me com quem andas e dir-te-ei quem és” ou “quem apoia psicopata é também psicopata”.. queria saber quem foi esse advogado que defendeu esse monstro..sinceramente. Se fosse nos EUA catana seria condenado a pena de morte

  2. CidadaoCV

    Pois é … Zé Catana sabe o quê que se deve dizer a frente de um meritíssimo Juiz, para não se “ferrar” …

  3. SONCENTE

    Satanás, és um desgraçado, mas se uma dia saíres em liberdade vais ver o que é bom para tosse.
    é melhor tribunal não te libertar porque se não cheias e sangue vai correr…O é teu está guardado…és uma pessoa do bem és um satanás completo.

  4. adilson

    catana deu um baile ao sr juiz e a pj e tambem oas testemunhas ,,

  5. roxana aguilera

    que a audencia nao sabe que pode mandar a EXHUMAR /DESENTERRAR NOVAMENTE os corpos e mandar para ser autopcia ? Eso mande a exhumar os corpos para juzgar com probas y nao deixar o crimen soltero .

  6. Djê Guebara

    Antigamente tinha um bom juiz em soncente que se chamavaTchàTchà. Era tão bom juiz que meteu preso el mesmo. Mais cuando el regressou para Portugal me recordo todavia pequenino ouvir a gente dizer: (TchàTchà ba pa Lisboa justiça ja cabà) Recordam bem que um bom juiz em caboverde è um juiz morto, sò assim consiguiram uma justiça justa e perfeito. “The judge is a dead man”

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.