Caizim vira terminal petrolífero

16/03/2015 02:02 - Modificado em 16/03/2015 02:02

enacolA Enacol investiu na modernização da zona do Caizim  e emerge agora um novo cais no local totalmente remodelado e com mais espaço. Investimento que a empresa considera importante para a área do bukering, mas também para a sustentabilidade da empresa. Na apresentação da obra, o director-geral Carlitos Fortes, afirmou que foram buscar a inspiração na visão do futuro sobre o lema “back to the future” (regresso ao futuro).

“Cabo Verde é um país voltado para o mar e é obrigação da Enacol aproveitar esta oportunidade num momento importante para o país”. Classifica a obra como relevante para a ilha e para o próprio sector.

Para o Primeiro-ministro José Maria Neves, “o puzzle do cluster do mar começa a encaixar-se”. E para este Governo, o “futuro de Cabo Verde está associado ao mar. Temos de ter uma visão orientada para a economia marítima e aproveitar todas as potencialidades para a estruturação. Uma verdadeira economia marítima é um caminho de muitos quilómetros mas estamos a dar os passos”.

Defende uma forte parceira público-privado e vê o novo investimento da Enacol como referência.

Aproveitando o momento,   o primeiro-ministro   incentiva os investidores a investirem no sector do bunkering, no aproveitamento do mar, assim como os armadores a investirem na renovação das frotas “para uma melhor eficiência e garantir o abastecimento da indústria de transformação do pescado”.

O mar também é partilhado na visão do edil de São Vicente Augusto Neves que diz que o mar precisa de ser visto como um importante recurso criador de novos negócios e novos sectores.

  1. CLASTER DA DÍVIDA

    a SENHORA ENAcol deve dinheiro á Agencia Marítuma. Favor pagar a dívida caloteiros. são xó algumas mil continhos.

  2. Joao Neves

    Falta agora procurar soluções para evitar o mau cheiro do terminal de esgoto logo a entrada da zona modernizada do caizim.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.