“Restrição do direito à greve é um pseudo assunto”

12/03/2015 08:13 - Modificado em 12/03/2015 08:13
| Comentários fechados em “Restrição do direito à greve é um pseudo assunto”

greveO Primeiro-ministro José Maria Neves, disse à imprensa que o Governo não pretende restringir o direito à greve e garante que não há nenhum debate relativamente à limitação daquele direito.

O Primeiro-ministro José Maria Neves, remete o tema da restrição do direito à greve como um pseudo assunto, ou seja, o chefe do Governo frisa que se trata de uma invenção e assegura que não há nenhuma proposta para limitar o direito à greve de qualquer classe profissional, nomeadamente funcionários das Alfândegas, da Enapor e da Asa. Estas são as declarações do Primeiro-ministro à RCV após o encontro com a Delegação da UNTC-CS.

 O chefe do Governo cabo-verdiano esclarece que é impossível restringir o direito à greve visto que seria uma medida ou proposta anticonstitucional, isto é, contra a Constituição Cabo-verdiana. José Maria Neves explica que o que se pretende é regulamentar o direito à greve em relação às forças de segurança.

 

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.