Tumulto no Tribunal: Juiz mandou deter quatro pessoas

12/03/2015 07:59 - Modificado em 12/03/2015 07:59
| Comentários fechados em Tumulto no Tribunal: Juiz mandou deter quatro pessoas

saída-cadeiaO juiz do 1º Juízo Crime do Tribunal de São Vicente mandou deter três familiares de Maria Chandim e Alice dos Reis por desacato dentro da sala de audiências.

De manhã foi detido o filho de Chandim que tentou agredir Zezinho Catana. Na  parte da tarde foi detido o filho de  Alice que chamou mentiroso ao arguido quando este disse que não conhecia a mãe.

Depois foi uma filha de Chandim que descontrolada disse para Zezinho, enquanto este falava: “Mentiroso foste tu que mataste a minha mãe”.

A última a ser colocada fora da sala de audiências foi uma irmã de Chandim que ameaçou matar Zezinho Catana.

O julgamento de Zezinho Catana foi suspenso porque o filho de Maria  Chandim tentou agredir o arguido dentro da sala de audiências. Quando Catana respondia ao juiz dizendo que “quando bebo ficou doido” o filho de Chandim irrompeu da assistência e tentou agredir Catana dizendo ” se na altura eu tivesse te matado, agora não estavas aqui a falar”.

Não conseguiu porque foi travado primeiro pelo jornalista do Noticias do Norte que estava junto da grade que separa o publico dos arguidos  e depois por elementos do GESPS. Gerou-se tumulto e o juiz mandou suspender a audiência.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.