Sempre a perder

9/03/2015 08:25 - Modificado em 9/03/2015 08:25

Voleibol1O clube tetracampeão de São Vicente e tricampeão de Cabo Verde em voleibol sénior masculino estreou-se com duas derrotas na Liga dos Campeões de África. A equipa do Mindelo perdeu no sábado por 3-2 frente ao Douane, clube campeão do Burkina Faso e ontem, domingo, frente à Autoridade Tributária, equipa de Moçambique, por 3-1.

Os campeões nacionais de voleibol começaram bem a partida. Venceram o primeiro set por 25-22, perderam o segundo por 22-25, voltaram a perder o terceiro por 12-25, mas ainda conseguiram empatar o jogo no quarto set por 26-24.
No tie-break, a vitória sorriu ao Douane, do Burundi, por 15-07.

No segundo jogo da prova, o Atlético perdeu por 3 sets a 1, pelos parciais de 25-27, 25-19, 25-25 e 25-16, frente aos campeões de Moçambique, Autoridade.

Tem sido uma estreia de derrotas nesta competição. Em declarações à RCV, Américo Lopes “Butcha”, passador da equipa avalia a participação da equipa até este momento como pouco proveitosa e segundo “Butcha” o primeiro jogo da prova estava mais equilibrado, mas depois perderam o domínio do jogo e, consequentemente, o jogo.

Américo Lopes diz que os adversários da equipa de São Vicente estão melhor familiarizados com a participação na Liga Africana de Voleibol. Diz ainda que por algum momento sentiram que estão numa fase de experiência, mas acredita na capacidade da equipa em dar a volta à situação: “ainda vamos a tempo de aprender e adquirir conhecimentos e melhorar o nosso jogo”.

Outro factor que tem dificultado ainda o desempenho da equipa, segundo Américo Lopes, é o frio. “Estávamos a jogar com uma temperatura de mais ou menos 10 graus”. Garante que não é por esse caminho que vamos e, uma vez que estamos aqui, vamos continuar a melhorar e adaptar a nossa actual situação.

O Atlético Vólei volta a entrar em campo hoje, segunda-feira, frente à Etoile du Sahel (Tunísia). “Butcha” garante que a equipa vai entrar em campo e tentar dar o máximo. “Sabemos que a equipa é muito mais forte, logo, vamos entrar no jogo sem pressão”.

O Atlético é o primeiro clube cabo-verdiano de voleibol a participar na Liga dos Campeões de África.

  1. Amante do Voleibol

    O Titulo da reportagem “sempre a perder” não condiz com a verdade desportiva que o Atlético Volley vem apresentando a nível nacional nos últimos anos. “SEMPRE A GANHAR” estaria mais de acordo com a realidade desses jovens atletas que têm vencido todos os títulos nacionais que tem participado. Já no cenário internacional, pelo mérito das equipas adversarias, se as vitorias dentro da quadra não tem surgido, pode-se falar em outras VITORIAS. Força Rapazes … SEMPRE A GANHAR.

  2. Carlos Silva - Ralao

    Perfeito Amante do Volei, concordo consigo tambem, tendo em conta que e’ a primeira vez que estamos a participar numa competicao a nivel de clubes no nosso continente, onde ha clubes com maior experienca e que vem de campeonatos mais competitivos, e’ normal estes resultados. Forca Atletico, estamos torcendo pelo vosso e nosso sucesso no voleibol.

  3. Ravidson Delgado

    Não há duvidas que o Atlético tem dominado as competições internas onde quase sempre ganha, mas temos que ter a clarividência na hora de analisar os factos. Não se podia dar outro titulo a este artigo isto porque o Atlético nesta competição está sempre a perder é um facto, isto não põe em causa a qualidade da equipa mas reflete o momento em que a equipa se encontra. A participação do Atlético nesta competição engrandece o voley Cabo verdiano mas não venhamos com patriotismo banal. Força Atlético.

  4. Nadia

    Podem estar a perder os jogos,mas estão a ganhar experiencia. Força Atletico, estamos juntos.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.