Trabalhadores da ELECTRA oferecem mil contos

5/03/2015 07:13 - Modificado em 5/03/2015 07:13

EscudosO  Conselho Local da Cruz Vermelha  recebeu  um cheque no valor de um milhão de escudos, resultante da contribuição dos trabalhadores  da ELECTRA  para os desalojados da Chã das Caldeiras.  O  dinheiro angariado  resultou de uma campanha que a Electra lançou em Dezembro junto dos seus  756 trabalhadores, de Santo Antão à ilha Brava. Estes contribuíram com um dia do seu salário.

A entrega do donativo foi  feita, ontem, em São Vicente pela directora administrativa dos recursos humanos da Electra, Alcinda Alves.

  1. Alcinda

    A contribuição não foi só dos trabalhadores. Foi também da Electra, no âmbito da sua responsabilidade social.

  2. CidadaoCV

    Os Senhores Presidente de …. e Directores de …. também contribuíram? A Electra tem 756 trabalhadores, incluindo presidentes, directores …? Isto quer dizer que a média de salários da Electra é de 40 mil escudos?

  3. Otavio Costa Alves

    O gesto da ELECTRA e dos seus trabalhadores é extraordinário e deveria ser seguido por outras empresas que têm mais posses. Os nossos irmãos do Fogo vítimas das erupções vulcânicas devem ser apoiados por todos, nesse momento tão difícil que atravessam, para que possam ultrapassar mais essa etapa que num ápice devastou Chã das Caldeiras e zonas limítrofes, deixando os seus habitantes desolados.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.