Jovem de 22 anos acusado de menor gravidade

3/03/2015 07:44 - Modificado em 3/03/2015 07:44
| Comentários fechados em Jovem de 22 anos acusado de menor gravidade

cannabisO Tribunal da Comarca de São Vicente procedeu à audiência de julgamento de um jovem de 22 anos acusado da prática de crime de tráfico de droga de menor gravidade.

Em Outubro do ano passado, o arguido de 22 anos residente na zona de Fonte Inês, foi detido pela Polícia Nacional na posse de uma bolsa contendo 5 gramas de cannabis. Segundo consta da acusação, a droga apreendida era para negócio ilícito, ou seja, para venda.

O arguido que está a ser acusado da prática de um crime de tráfico de droga de menor gravidade, foi detido na sequência de uma denúncia anónima. Feita a descrição do suposto traficante, o arguido foi imediatamente identificado e detido na posse de estupefacientes e de uma quantia de 750 escudos.

O arguido negou a prática do crime alegando que a droga destinava-se ao seu próprio consumo. O mesmo confessou que é consumidor desde os 15 anos.

De acordo com os agentes da PN, o arguido tem algumas passagens pela Polícia por posse de drogas e por brigas de grupo.

A defesa entende que uma punição de pena de multa seria o suficiente para o arguido uma vez que não ficou provado efectivamente que o mesmo é traficante de drogas, mas sim um consumidor. Visto que não houve provas contrárias, a defesa entende que o crime deve ser enquadrado como crime de consumo de drogas e não de tráfico.

Apesar do arguido insistir em alegar que os 5 gramas de “cannabis” equivalentes a 16,5 doses seriam para consumo próprio, o Ministério Público pediu a condenação do arguido, uma vez que os argumentos do mesmo não foram convincentes. O representante do MP considera que a quantia em moeda encontrada na posse do arguido é típica dos pequenos traficantes e este já teve várias passagens pela PN, sobretudo, por posse de “tacos”.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.